Milagre Divino Revelado em 1 Reis 17: Fé para Enfrentar as Provas!

0

É com grande alegria que nos aproximamos do livro de 1 Reis 17 para refletir sobre o poderoso milagre de Deus. A passagem conta a história de Elias, o profeta de Deus, que foi enviado para Sarepta para sustentar uma viúva e seu filho. Depois de enfrentar a falta de chuva e a seca, Deus mostrou seu poder e providenciou os alimentos necessários para a viúva e seu filho. Quando o filho da viúva ficou gravemente doente, Elias orou a Deus e Deus ouviu suas orações, trazendo a cura para o menino.

Esta passagem nos ensina que Deus é fiel e que Ele é poderoso para fazer milagres. Deus é um Deus que nos sustenta e que nos fornece tudo o que precisamos. Devemos confiar em Deus em todas as circunstâncias da vida e clamar a Ele em nossas necessidades. Deus é fiel e Ele nos ouve.

Salmo 1 Reis 17

Conteúdo

Tabela sobre 1 Reis 17

Personagem Lição
Elias Confiança em Deus e em sua Palavra
Mulher Viúva Fé e Generosidade
Filho da Mulher Viúva Esperança e Fé

1 Reis 17

1 Então Elias, o tisbita, dos moradores de Gileade, disse a Acabe: Vive o SENHOR
Deus de Israel, perante cuja face estou, que nestes anos nem orvalho nem chuva
haverá, senão segundo a minha palavra.

2 Depois veio a ele a palavra do Senhor, dizendo:

3 Retira-te daqui, e vai para o oriente, e esconde-te junto ao ribeiro de
Querite, que está diante do Jordão.

4 E há de ser que beberás do ribeiro; e eu tenho ordenado aos corvos que ali te
sustentem.

5 Foi, pois, e fez conforme a palavra do Senhor; porque foi, e habitou junto ao
ribeiro de Querite, que está diante do Jordão.

6 E os corvos lhe traziam pão e carne pela manhã; como também pão e carne à
noite; e bebia do ribeiro.

7 E sucedeu que, passados dias, o ribeiro se secou, porque não tinha havido
chuva na terra.

8 Então veio a ele a palavra do Senhor, dizendo:

9 Levanta-te, e vai para Sarepta, que é de Sidom, e habita ali; eis que eu
ordenei ali a uma mulher viúva que te sustente.

10 Então ele se levantou, e foi a Sarepta; e, chegando à porta da cidade, eis
que estava ali uma mulher viúva apanhando lenha; e ele a chamou, e lhe disse:
Traze-me, peço-te, num vaso um pouco de água que beba.

11 E, indo ela a trazê-la, ele a chamou e lhe disse: Traze-me agora também um
bocado de pão na tua mão.

12 Porém ela disse: Vive o Senhor teu Deus, que nem um bolo tenho, senão somente
um punhado de farinha numa panela, e um pouco de azeite numa botija; e vês aqui
apanhei dois cavacos, e vou prepará-lo para mim e para o meu filho, para que o
comamos, e morramos.

13 E Elias lhe disse: Não temas; vai, faze conforme à tua palavra; porém faze
dele primeiro para mim um bolo pequeno, e traze-mo aqui; depois farás para ti e
para teu filho.

14 Porque assim diz o Senhor Deus de Israel: A farinha da panela não se acabará,
e o azeite da botija não faltará até ao dia em que o Senhor dê chuva sobre a
terra.

15 E ela foi e fez conforme a palavra de Elias; e assim comeu ela, e ele, e a
sua casa muitos dias.

16 Da panela a farinha não se acabou, e da botija o azeite não faltou; conforme
a palavra do Senhor, que ele falara pelo ministério de Elias.

17 E depois destas coisas sucedeu que adoeceu o filho desta mulher, dona da
casa; e a sua doença se agravou muito, até que nele nenhum fôlego ficou.

18 Então ela disse a Elias: Que tenho eu contigo, homem de Deus? vieste tu a mim
para trazeres à memória a minha iniqüidade, e matares a meu filho?

19 E ele disse: Dá-me o teu filho. E ele o tomou do seu regaço, e o levou para
cima, ao quarto, onde ele mesmo habitava, e o deitou em sua cama,

20 E clamou ao Senhor, e disse: Ó Senhor meu Deus, também até a esta viúva, com
quem me hospedo, afligiste, matando-lhe o filho?

21 Então se estendeu sobre o menino três vezes, e clamou ao Senhor, e disse: Ó
Senhor meu Deus, rogo-te que a alma deste menino torne a entrar nele.

22 E o Senhor ouviu a voz de Elias; e a alma do menino tornou a entrar nele, e
reviveu.

23 E Elias tomou o menino, e o trouxe do quarto à casa, e o deu à sua mãe; e
disse Elias: Vês aí, teu filho vive.

24 Então a mulher disse a Elias: Nisto conheço agora que tu és homem de Deus, e
que a palavra do Senhor na tua boca é verdade.

Mensagem crista 1 Reis 17

1 Reis 17:1-24

Elias e a Palavra do Senhor

Elias, tisbita dos moradores de Gileade, foi enviado pelo Senhor para anunciar que não haveria orvalho nem chuva, a não ser segundo a sua palavra. Em obediência, Elias foi para o oriente e se escondeu junto ao ribeiro de Querite, diante do Jordão. O Senhor ordenou aos corvos que o sustentassem e, assim, Elias bebia do ribeiro e os corvos lhe traziam pão e carne pela manhã e à noite. Com o tempo, o ribeiro secou, pois não havia chuva na terra. Foi então que o Senhor falou novamente a Elias, dizendo-lhe para ir a Sarepta, que era de Sidom, e ali habitar, pois havia uma mulher viúva para sustentá-lo.

A Viúva de Sarepta

Ao chegar à porta da cidade, Elias viu uma mulher viúva apanhando lenha. Ele pediu-lhe um pouco de água para beber e, em seguida, um bocado de pão. A mulher explicou que não tinha nada, a não ser um punhado de farinha numa panela e um pouco de azeite numa botija. Ela disse que havia apanhado dois cavacos e que pensava prepará-los para ela e para seu filho, para que comam e morram. Elias, então, lhe disse para preparar primeiro para ele um bolo pequeno, pois assim ordenara o Senhor Deus de Israel, que a farinha da panela e o azeite da botija não lhes faltariam até que ele desse chuva sobre a terra.

A provisão do Senhor

Assim, a mulher preparou o bolo para Elias e, em seguida, para ela e para seu filho. E assim comeram muitos dias, pois a farinha da panela não se acabou e o azeite da botija não faltou, de acordo com a palavra do Senhor, falada por Elias. Porém, logo depois, o filho da mulher adoeceu e a doença se agravou, até que nele nenhum fôlego ficou. Elias então tomou o menino, o levou para cima, ao quarto onde habitava, e o deitou em sua cama. Ele clamou ao Senhor e a alma do menino entrou nele, e reviveu. Elias então deu o menino de volta à sua mãe, e ela disse que agora conhecia que ele era um homem de Deus, pois a palavra do Senhor era verdadeira.

Reflexão

Esta passagem bíblica nos ensina que o Senhor é o nosso sustentador. Ele nos dá o que precisamos, mesmo quando não há nada, e nos provê com a fartura que só Ele pode dar. Quando Elias foi enviado a Sarepta, a mulher estava pronta para morrer com seu filho, pois não havia mais nada. No entanto, o Senhor provia para eles por meio de Elias, e eles comeram muitos dias sem falta. Esta passagem nos encoraja a confiar no Senhor, pois Ele é capaz de fazer o impossível e nos sustentar em meio às mais difíceis circunstâncias.

Capítulo 17 do Livro de 1 Reis

Neste capítulo, encontramos um relato sobre Elias e as profecias que Deus lhe deu a fim de ajudar Acabe a sobreviver à seca que assolava a terra. Com a palavra de Deus, Elias foi instruído a esconder-se junto ao ribeiro de Querite para beber e ser sustentado por corvos. Quando o ribeiro secou, Deus ordenou que ele fosse para Sarepta, onde uma mulher viúva lhe sustentou por muitos dias. Quando o filho da mulher enfermou e morreu, Elias orou a Deus para que lhe devolvesse a vida. Deus ouviu a sua oração e o menino foi salvo. Esta história nos ensina que Deus é capaz de realizar milagres e que sempre ouve e responde às nossas orações.

FAQ – 1 Reis 17

O que acontece no capítulo 17 de 1 Reis?

No capítulo 17 de 1 Reis, encontramos a história de Elias e as profecias que Deus lhe deu para ajudar Acabe a sobreviver à seca. Quando o ribeiro secou, Deus ordenou que ele fosse para Sarepta, onde uma mulher viúva lhe sustentou por muitos dias. Quando o filho da mulher enfermou e morreu, Elias orou a Deus para que lhe devolvesse a vida. Deus ouviu a sua oração e o menino foi salvo.

Que ensinamentos podemos tirar do capítulo 17 de 1 Reis?

Podemos tirar o ensinamento de que Deus é capaz de realizar milagres e que sempre ouve e responde às nossas orações. Esta é uma história que nos ensina a confiar em Deus e a ter fé em todas as circunstâncias.

Leave A Reply

Your email address will not be published.