Descubra a Justiça de Deus na história de 1 Reis 3

0

Neste momento, o rei Salomão estava diante de um grande desafio: decidir qual das duas mulheres prostitutas era a mãe verdadeira do menino. Como um professor de teologia, podemos refletir sobre a passagem bíblica de 1 Reis 3 para nos ajudar a entender a sabedoria e a justiça de Deus. A história de Salomão nos mostra que Deus é justo e bondoso, pois quando Salomão pediu entendimento a Deus, Ele lhe deu um coração sábio para julgar a seu povo e discernir o que é justo. Quando Salomão foi confrontado com a disputa das duas mulheres, ele não se deixou levar pela emoção, mas usou seu coração sábio para decidir o caso. Sua decisão mostrou o amor de Deus por sua criação, pois ele escolheu a mãe verdadeira do menino para que seu filho tivesse sua vida salva. Esta passagem nos ensina que Deus é o nosso justo juiz, que sempre atenderá aos nossos pedidos e nos ajudará a discernir o que é justo. Que possamos nos aproximar de Deus e pedir-Lhe sabedoria para que possamos julgar com sabedoria e justiça.

Salmo 1 Reis 3

Conteúdo

Tabela sobre 1 Reis 3

Personagem Lição
Salomão Ame a Deus e ande nos Seus estatutos, e Ele lhe dará sabedoria para governar.
Faraó Aprenda a respeitar as outras culturas e religiões.
Davi Ande em verdade, justiça e retidão de coração.
Duas mulheres prostitutas Todos merecem justiça e direitos iguais.

1 Reis 3

1 E Salomão se aparentou com Faraó, rei do Egito; e tomou a filha de Faraó, e a
trouxe à cidade de Davi, até que acabasse de edificar a sua casa, e a casa do
SENHOR, e a muralha de Jerusalém em redor.

2 Entretanto, o povo sacrificava sobre os altos; porque até àqueles dias ainda
não se havia edificado casa ao nome do Senhor.

3 E Salomão amava ao Senhor, andando nos estatutos de Davi seu pai; somente que
nos altos sacrificava, e queimava incenso.

4 E foi o rei a Gibeom para lá sacrificar, porque aquele era o alto maior; mil
holocaustos sacrificou Salomão naquele altar.

5 E em Gibeom apareceu o Senhor a Salomão de noite em sonhos; e disse-lhe Deus:
Pede o que queres que eu te dê.

6 E disse Salomão: De grande beneficência usaste tu com teu servo Davi, meu pai,
como também ele andou contigo em verdade, e em justiça, e em retidão de coração,
perante a tua face; e guardaste-lhe esta grande beneficência, e lhe deste um
filho que se assentasse no seu trono, como se vê neste dia.

7 Agora, pois, ó Senhor meu Deus, tu fizeste reinar a teu servo em lugar de Davi
meu pai; e sou apenas um menino pequeno; não sei como sair, nem como entrar.

8 E teu servo está no meio do teu povo que elegeste; povo grande, que nem se
pode contar, nem numerar, pela sua multidão.

9 A teu servo, pois, dá um coração entendido para julgar a teu povo, para que
prudentemente discirna entre o bem e o mal; porque quem poderia julgar a este
teu tão grande povo?

10 E esta palavra pareceu boa aos olhos do Senhor, de que Salomão pedisse isso.

11 E disse-lhe Deus: Porquanto pediste isso, e não pediste para ti muitos dias,
nem pediste para ti riquezas, nem pediste a vida de teus inimigos; mas pediste
para ti entendimento, para discernires o que é justo;

12 Eis que fiz segundo as tuas palavras; eis que te dei um coração tão sábio e
entendido, que antes de ti igual não houve, e depois de ti igual não se
levantará.

13 E também até o que não pediste te dei, assim riquezas como glória; de modo
que não haverá um igual entre os reis, por todos os teus dias.

14 E, se andares nos meus caminhos, guardando os meus estatutos, e os meus
mandamentos, como andou Davi teu pai, também prolongarei os teus dias.

15 E acordou Salomão, e eis que era sonho. E indo a Jerusalém, pôs-se perante a
arca da aliança do Senhor, e sacrificou holocausto, e preparou sacrifícios
pacíficos, e fez um banquete a todos os seus servos.

16 Então vieram duas mulheres prostitutas ao rei, e se puseram perante ele.

17 E disse-lhe uma das mulheres: Ah! senhor meu, eu e esta mulher moramos numa
casa; e tive um filho, estando com ela naquela casa.

18 E sucedeu que, ao terceiro dia, depois do meu parto, teve um filho também
esta mulher; estávamos juntas; nenhum estranho estava conosco na casa; somente
nós duas naquela casa.

19 E de noite morreu o filho desta mulher, porquanto se deitara sobre ele.

20 E levantou-se à meia-noite, e tirou o meu filho do meu lado, enquanto dormia
a tua serva, e o deitou no seu seio; e a seu filho morto deitou no meu seio.

21 E, levantando-me eu pela manhã, para dar de mamar a meu filho, eis que estava
morto; mas, atentando pela manhã para ele, eis que não era meu filho, que eu
havia tido.

22 Então disse a outra mulher: Não, mas o vivo é meu filho, e teu filho o morto.
Porém esta disse: Não, por certo, o morto é teu filho, e meu filho o vivo. Assim
falaram perante o rei.

23 Então disse o rei: Esta diz: Este que vive é meu filho, e teu filho o morto;
e esta outra diz: Não, por certo, o morto é teu filho e meu filho o vivo.

24 Disse mais o rei: Trazei-me uma espada. E trouxeram uma espada diante do rei.

25 E disse o rei: Dividi em duas partes o menino vivo; e dai metade a uma, e
metade a outra.

26 Mas a mulher, cujo filho era o vivo, falou ao rei (porque as suas entranhas
se lhe enterneceram por seu filho), e disse: Ah! senhor meu, dai-lhe o menino
vivo, e de modo nenhum o mateis. Porém a outra dizia: Nem teu nem meu seja;
dividi-o.

27 Então respondeu o rei, e disse: Dai a esta o menino vivo, e de maneira
nenhuma o mateis, porque esta é sua mãe.

28 E todo o Israel ouviu o juízo que havia dado o rei, e temeu ao rei; porque
viram que havia nele a sabedoria de Deus, para fazer justiça.

Mensagem crista 1 Reis 3

1 Reis 3: Versículos 1 a 28

A passagem bíblica acima relata a história de Salomão, que foi abençoado por Deus com grande sabedoria para governar o seu povo. Esta narrativa é um exemplo de como o Senhor nos abençoa com aquilo que mais precisamos e nos dá conselhos para que possamos ser bons governantes.

O pedido de Salomão

Na passagem, Salomão faz um pedido especial ao Senhor, pedindo-lhe um coração entendido para julgar o seu povo. Ele reconhece que não tem a capacidade de governar um povo tão grande e numeroso, e pede-lhe que lhe dê sabedoria e discernimento.

A resposta de Deus

Deus responde ao pedido de Salomão, abençoando-o com sabedoria e entendimento, além de lhe dar também riquezas e glória. Ele também promete que, se Salomão andar nos seus caminhos, guardar os seus estatutos e mandamentos, os seus dias serão prolongados.

A lição de Salomão

A passagem de Salomão nos ensina que, quando buscamos a sabedoria de Deus, Ele nos abençoa com aquilo que mais precisamos. Ele nos dá o discernimento para tomar decisões justas e nos dá a sabedoria para governar o nosso povo. Além disso, a passagem nos ensina que, se andarmos nos caminhos de Deus, Ele nos abençoa com riquezas e glória.

Aplicação prática

Como cristãos, devemos buscar a sabedoria de Deus para nos guiar na tomada de decisões. Devemos orar a Deus para que nos dê discernimento e entendimento para tomar decisões justas. Além disso, devemos viver de acordo com os seus mandamentos para que possamos receber as suas bênçãos.

Introdução a 1 Reis 3

1 Reis 3 conta a história de Salomão, o rei de Israel, e de como Deus o abençoou com sabedoria e entendimento para governar seu povo.

O sonho de Salomão

No versículo 5, Deus aparece a Salomão em seu sonho e pede ao rei que peça algo que lhe dará. Salomão então pede entendimento para discernir o que é justo, e Deus acata o pedido e lhe dá também riquezas e glória.

O julgamento de Salomão

A partir do versículo 16, o relato de 1 Reis 3 se concentra no julgamento de Salomão. Duas mulheres prostitutas vão ao rei para decidir quem é a verdadeira mãe de um menino. Salomão decide colocar o menino vivo em meio a elas para ver quem é a mãe verdadeira, e a mulher cujo filho é o vivo é reconhecida como a mãe verdadeira.

Significado espiritual

O julgamento de Salomão de 1 Reis 3 nos lembra que Deus é um juiz justo, que sempre toma decisões justas. Também nos lembra que devemos buscar a sabedoria de Deus em nossas decisões e que, se buscarmos a verdade, Deus nos dará a sabedoria para discernir o que é certo e o que é errado.

FAQ sobre 1 Reis 3

Pergunta 1: Qual é a história de 1 Reis 3?

Resposta: 1 Reis 3 conta a história de Salomão, o rei de Israel, e de como Deus o abençoou com sabedoria e entendimento para governar seu povo.

Pergunta 2: Por que Deus abençoou Salomão com sabedoria e entendimento?

Resposta: Deus abençoou Salomão com sabedoria e entendimento para que ele pudesse discernir o que é justo e julgar o seu povo de forma justa.

Pergunta 3: O que o julgamento de Salomão no capítulo 3 nos ensina?

Resposta: O julgamento de Salomão no capítulo 3 nos ensina que Deus é um juiz justo, que sempre toma decisões justas. Também nos lembra que devemos buscar a sabedoria de Deus em nossas decisões e que, se buscarmos a verdade, Deus nos dará a sabedoria para discernir o que é certo e o que é errado.

Leave A Reply

Your email address will not be published.