A história de Santa Bárbara

0

A história de Santa Bárbara é repleta por muitos momentos de tristeza, com a história da bela menina chamada Bárbara, que nasceu numa cidade de Nicomédia, atual Izmit, na Turquia, cidade banhada pelo mar Mármara. Atualmente, esta cidade não existe mais. Santa Bárbara era filha única de um homem rico e que era considerado nobre, o Sr. Dióscoro. Bárbara viveu durante o final do século III D.C.

Conteúdo

Quem foi e onde nasceu Santa Bárbara?

A jovem Bárbara nasceu na cidade de Nicomédia, na região de Bitínia, na Turquia. Um local que era comandado pelo Império Romano que grande potência naquela época, e banhado pelo mar de Mármara, isso tudo nos anos que findava o século III da era cristã.

A morte de Santa Bárbara
A morte. Fonte/Reprodução: wikipedia.

Bárbara era a única filha de seu pai, o Sr. Dióscoro, e que por esse motivo quando chegou a sua adolescência, foi mantida presa numa torre, pelo receio que seu pai tinha de mantê-la numa sociedade corrupta. Presa nessa torre Santa Bárbara tinha como vista apenas a mata virgem do seu quintal e os ídolos que aprendeu a cultuar com seus tutores.

O contato de Santa Bárbara com o cristianismo

O contato da Santa Bárbara com a fé cristã aconteceu com a frequência da menina na cidade de Nicomédia, que acabou acarretando com a mesma conhecendo alguns cristãos que passaram a falar sobre a mensagem de Jesus Cristo e todo mistério que envolvia a santíssima Trindade. 

Todas essas informações e história, era muito novo para a menina Bárbara e tocou profundamente em seu coração, fazendo com que ela se convertesse ao cristianismo.

As respostas para os questionamentos que a menina Bárbara tinha sobre o Deus único, criador de tudo e Pai de Nosso Jesus Cristo, fez de Barbara uma jovem cristã fervorosa e cheia de dons e virtudes cristãs. Assim foi possível observar que em Jesus Cristo, a jovem Bárbara encontrou sentido mais profundo para se viver, convertendo-se de todo coração ao cristianismo.

Perseguição a Santa Bárbara

Em virtude dessa devoção e toda sua dedicação ao cristianismo, a jovem Bárbara encontrou em casa o maior de seus perseguidores, o seu próprio pai, Dióscoro. 

Ele decidiu construir para a filha uma casa de banho numa torre, com duas janelas, mas que se transformaram em três a mando da menina Bárbara, visto que Dióscoro teve que se ausentar durante essa construção; e seguindo ideias cristãs, onde três, significava a Santíssima Trindade, Santa Bárbara ainda implementou nesta obra, uma cruz esculpida na torre.

Quando regressou, Dióscoro se assustou ao se deparar com as mudanças realizadas pela sua filha Bárbara, a quem foi perguntar o porquê daquelas alterações na construção, e Santa Bárbara como todo afeto, explicou ao pai a simbologia de cada ato que provocou a fazer as mudanças. 

Dizendo que as três janelas, representava na forma de homenagem, o Deus Uno e Trino ao mesmo tempo, que é Criador de todas as coisas e a cruz esculpida na torre é para lembrar do sacrifício do filho de Deus, que foi capaz de morrer para salvar toda humanidade. Toda essa história contada por Bárbara, deixou o seu pai ainda mais furioso com a menina.

A morte de Santa Bárbara

Chegando no momento que acabou culminando na morte de Santa Bárbara, pois seu pai percebia que a fé da menina era irredutível e por impulso de ira, denunciou a filha ao prefeito da cidade, no qual ordenou que a mesma fosse torturada em praça pública, para ver se a mesma negasse a sua fé cristã, porém não foi o que ocorreu, Santa Bárbara se manteve integra e não renegou sua fé mesmo em atroz sofrimento e tortura. 

Esse sofrimento se perdurou por um longo período, no qual se juntou a Santa Bárbara uma outra jovem cristã, chamada de Juliana que em alto som declarou os nomes dos torturadores, algo que era expressamente proibido na época e por esse motivo a jovem também foi presa e condenada à morte juntamente com Santa Bárbara.

As duas jovens, Bárbara e Juliana, foram levadas amarradas unidas pelas ruas da cidade de Nicomédia e nesse caminho Santa Bárbara ainda teve seus seios cortados. Conduzida para fora da cidade, a jovem Bárbara foi degolada pelo próprio pai.

Oração a Santa Bárbara

Veja abaixo a oração a Santa Bárbara:

“Protetora contra raios, trovões, tempestades e mortes repentinas. Ó Santa Bárbara, que sois mais forte que as torres das fortalezas e a violência dos furacões, fazei que os raios não me atinjam, os trovões não me assustem e o troar dos canhões não me abalem a coragem e a bravura.

Ficai sempre ao meu lado para que eu possa enfrentar, de fronte erguida e rosto sereno, todas as tempestades e batalhas da minha vida para que, vencedor de todas as lutas, com a consciência do dever cumprido, possa agradecer à Deus, criador do céu, da terra e da natureza, e que tem poder de dominar o furor das tempestades e abrandar a crueldade das guerras.”

Essa oração exalta e pede que os fiéis que a orem receba da coragem que Santa Bárbara possuía, que mesmo em alto momento de sofrimento não negou a sua fé, se mantendo firme em tudo no qual enfrentou acreditando que existe um Deus todo poderoso que lhe guardava.

Agora, você já conhece a história de fé e a oração de Santa Bárbara, onde ela mostrou que mesmo em tempos difíceis nunca devemos duvidar da nossa fé.

Leave A Reply

Your email address will not be published.