Compartilhar e Ajudar: Pratique a Caridade Cristã como Maneira de Honrar a Deus

0

Mas nós, que somos fortes, devemos suportar as fraquezas dos fracos, e não agradar a nós mesmos. O nosso dever é amar uns aos outros, como Cristo nos amou, e servir ao próximo em suas necessidades. Aprendemos isso dos ensinamentos de Jesus, que nos chama a compartilhar o que temos, seja alimento, roupas ou alegria. É importante notar que ajudar aqueles que estão necessitados não é apenas uma obrigação moral, mas também uma maneira de honrar a Deus. Neste artigo, discutiremos a importância da caridade cristã e como podemos praticá-la em nossas vidas.

Mensagem crista Ajuda ao

Conteúdo

Tabela sobre Ajuda ao Próximo

Características Exemplos
Ajudar o próximo Dai, e ser-vos-á dado; boa medida, recalcada, sacudida e transbordando, vos deitarão no vosso regaço; porque com a mesma medida com que medirdes também vos medirão de novo.
Não atender para o que é propriamente seu Não atente cada um para o que é propriamente seu, mas cada qual também para o que é dos outros.
Amor incondicional Ninguém tem maior amor do que este, de dar alguém a sua vida pelos seus amigos.
Ajudar os enfermos Dai, e ser-vos-á dado; boa medida, recalcada, sacudida e transbordando, vos deitarão no vosso regaço; porque com a mesma medida com que medirdes também vos medirão de novo.
Resplandecer a luz diante dos homens Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus.
Levar as cargas uns dos outros Levai as cargas uns dos outros, e assim cumprireis a lei de Cristo.
Dar a quem pedir Dá a quem te pedir, e não te desvies daquele que quiser que lhe emprestes.
Ajudar os pobres Pois nunca deixará de haver pobre na terra; pelo que te ordeno, dizendo: Livremente abrirás a tua mão para o teu irmão, para o teu necessitado, e para o teu pobre na tua terra.
Comunicar com os santos nas suas necessidades Comunicai com os santos nas suas necessidades, segui a hospitalidade;
Não furtar Aquele que furtava, não furte mais; antes trabalhe, fazendo com as mãos o que é bom, para que tenha o que repartir com o que tiver necessidade.
Repartir o que se tem com quem não tem E, respondendo ele, disse-lhes: Quem tiver duas túnicas, reparta com o que não tem, e quem tiver alimentos, faça da mesma maneira.
Emprestar o que se compadece do pobre Ao Senhor empresta o que se compadece do pobre, ele lhe pagará o seu benefício.

As Passagens da Bíblia que Refletem Sobre o Amor e a Generosidade

Muitos versículos da Bíblia nos ensinam sobre o amor e a generosidade. Estas passagens nos ajudam a entender como devemos nos comportar uns com os outros e nos dão força para viver de acordo com o que Deus espera de nós. Vamos refletir sobre alguns destes versículos, começando pela Carta de Romanos 12:10: “Mas nós, que somos fortes, devemos suportar as fraquezas dos fracos, e não agradar a nós mesmos.” Este versículo nos lembra que não devemos nos colocar acima dos outros e que devemos ser humildes e servir aos outros. Deus nos ensina que devemos olhar para os outros com compaixão e apoio, e não nos colocar acima deles.

Outra passagem importante é João 15:12: “O meu mandamento é este: Que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei.” Esta passagem nos ensina que devemos amar uns aos outros como Jesus nos amou. Devemos mostrar amor e compaixão aos nossos irmãos e irmãs, mesmo quando isso significa abrir mão dos nossos próprios desejos ou interesses. O amor de Deus é incondicional e devemos buscar emular isso em nossas relações com os outros.

Mateus 25:35-40 nos ensina sobre a importância da generosidade: “Porque tive fome, e destes-me de comer; tive sede, e destes-me de beber; era estrangeiro, e hospedastes-me; estava nu, e vestistes-me; adoeci, e visitastes-me; estive na prisão, e foste me ver. Então os justos lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome, e te demos de comer? ou com sede, e te demos de beber? E quando te vimos estrangeiro, e te hospedamos? ou nu, e te vestimos? E quando te vimos enfermo, ou na prisão, e fomos ver-te? E, respondendo o Rei, lhes dirá: Em verdade vos digo que quando o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes.” Esta passagem nos ensina que devemos servir aos pobres e necessitados. Devemos compartilhar o que temos com aqueles que têm menos, pois isso é o que Deus espera de nós.

Outra passagem importante é Filipenses 2:4: “Não atente cada um para o que é propriamente seu, mas cada qual também para o que é dos outros.” Esta passagem nos lembra que devemos pensar nos outros antes de pensar em nós mesmos. Não devemos nos preocupar apenas com os nossos próprios desejos, mas sim com o bem-estar dos outros.

Outro versículo importante é João 15:13: “Ninguém tem maior amor do que este, de dar alguém a sua vida pelos seus amigos.” Esta passagem nos ensina que o amor é a coisa mais importante e que devemos estar dispostos a sacrificar tudo para amar os outros como Jesus nos amou.

Finalmente, Atos 20:35 nos lembra o que Jesus nos ensinou: “Tenho-vos mostrado em tudo que, trabalhando assim, é necessário auxiliar os enfermos, e recordar as palavras do Senhor Jesus, que disse: Mais bem-aventurada coisa é dar do que receber.” Esta passagem nos ensina que devemos servir aos necessitados e ajudar aqueles que estão passando por dificuldades.

Estas passagens da Bíblia nos ensinam sobre o amor e a generosidade. Elas nos lembram que devemos nos esforçar para servir aos outros, amar incondicionalmente e compartilhar o que temos com os necessitados. Seguindo esses princípios, podemos viver de acordo com a vontade de Deus e sermos verdadeiramente abençoados.

Salmo Ajuda ao

Ajuda ao Próximo

A importância do Amor e da Caridade

A passagem bíblica acima nos convida a uma reflexão profunda sobre o que significa ajudar o próximo. Nela, Jesus nos ensina que devemos nos amar uns aos outros como Ele nos amou, e que devemos nos preocupar com aqueles que estão necessitados.

Os símbolos presentes nesta passagem são o amor, a caridade, o auxílio, o partilhar, a compaixão, a bondade, a hospitalidade, a generosidade, a fidelidade, etc. Os personagens que simbolizam a bondade são Paulo, Jesus e a multidão. Os motivos que nos estimulam a ajudar os outros são a palavra de Jesus, a fé e as boas obras.

Nesta passagem, vemos também prenúncios do amor e da caridade, como quando Jesus responde às perguntas dos justos sobre como lhes tinha demonstrado amor, e quando Paulo se ajoelha para orar com a multidão.

O ambiente desta passagem é o da bondade e do amor, uma vez que todos os versículos são guiados por esses princípios. As alusões à caridade são ainda mais evidentes nos versículos em que Jesus nos ensina a dar aos outros o que temos, e a não nos preocupar apenas com o que é nosso.

Neste estudo, também vemos pontos de vista diferentes sobre a caridade, como aqueles apresentados por Jesus, Paulo e a multidão. Por fim, as metáforas presentes nesta passagem falam sobre o amor e o cuidado pelo próximo, como “boa medida, recalcada, sacudida e transbordando, vos deitarão no vosso regaço”.

A Demonstração de Fé através das Obras

A passagem bíbica também nos ensina que a fé só poderá salvar-nos se for acompanhada pelas obras. Isso significa que, para mostrarmos o nosso amor por Deus, temos que mostrar o nosso amor pelos outros. Não adianta dizermos termos fé, se não nos esforçamos para ajudar aqueles que precisam. Assim, cumprimos a lei de Cristo ao levar as cargas uns dos outros.

Neste sentido, Jesus também nos convida a abrirmos a nossa mão para aqueles que estão em necessidade, como aos nossos irmãos, aos nossos necessitados e aos nossos pobres. O Senhor também nos convida a partilharmos o que temos com os santos em suas necessidades, e a seguirmos a hospitalidade.

Outra forma de demonstrar a nossa fé através das obras é pararmos de roubar e começarmos a trabalhar com as nossas próprias mãos, para que possamos ajudar os que têm necessidades.

Finalmente, Jesus nos dá um importante conselho: devemos abrir as nossas mãos para os nossos irmãos necessitados e para aqueles que precisam de nosso apoio. Se o fizermos, o Pai que está nos Céus será glorificado, e o nosso tesouro estará seguro para sempre. É assim que demonstrarmos o nosso amor pelos outros e a nossa fé em Deus.

FAQ – Ajuda ao Próximo

Pergunta 1: Como podemos ajudar aos necessitados?


Resposta: Seguindo as palavras de Jesus, devemos dar as coisas necessárias para o corpo, partilhar o que temos, servir de forma desinteressada e abrir a nossa mão para os nossos irmãos.

Pergunta 2: O que significa “Ame o próximo como a ti mesmo”?


Resposta: Significa que devemos nos amar e tratar os outros como gostaríamos de ser tratados. É uma forma de mostrar compaixão, bondade e amor pelos outros.

Pergunta 3: Como podemos praticar a hospitalidade?


Resposta: Praticando a hospitalidade, abrimos nossas casas, nosso coração e nossa vida para receber e ajudar aqueles que estão à nossa volta. É importante ter um coração aberto para servir e ajudar os outros.

Pergunta 4: Qual é a melhor maneira de ajudar aos necessitados?


Resposta: A melhor maneira de ajudar aos necessitados é oferecendo o que temos, seja em dinheiro, em tempo ou em bens materiais. É importante lembrar que o que você dá é o que você recebe.

Pergunta 5: Que ensinamentos de Jesus devemos seguir para ajudar o próximo?


Resposta: Devemos seguir os ensinamentos de Jesus de amar a Deus e ao próximo, compartilhar o que temos, servir desinteressadamente, ter um coração aberto para ajudar os outros e também colocar o nosso tesouro nos céus.

Leave A Reply

Your email address will not be published.