Compreendendo o Deuteronômio 16: O Chamado Divino à Santidade e Justiça

0

Começamos nosso postblog refletindo sobre Deuteronômio 16, um dos livros que fazem parte da Bíblia. Nesta passagem bíblica, Deus ensina a seu povo sobre as leis e costumes que devem ser observados e praticados para que o povo de Deus possa viver de forma saudável e em santidade. O Senhor dá instruções sobre como celebrar a Páscoa, como guardar o mês de Abibe, como não comer levedura durante a Páscoa e como celebrar a Festa dos Tabernáculos. O Senhor também nos lembra da importância de seguir a justiça e não torcer o juízo, bem como de não praticar acepção de pessoas e receber peitas. Por fim, nos ensina a não plantar árvores ao lado do altar e a não erguer imagens que ele odeia. Esta passagem nos mostra a importância de seguir os mandamentos de Deus, pois somente a obediência a Ele nos dará vida e nos possibilitará herdar a terra que Ele nos deu.

Salmo Deuteronomio 16

Conteúdo

Tabela sobre Deuteronômio 16

Personagens principais Lições
Senhor Deus Deus é o nosso salvador, nosso protetor e nosso guia.
Israelitas Devemos obedecer a Deus e seguir os Seus mandamentos.
Juízes e Oficiais Devemos buscar a justiça e não aceitar a injustiça.

Deuteronômio 16

1 Guarda o mês de Abibe, e celebra a páscoa ao SENHOR teu Deus; porque no mês de
Abibe o SENHOR teu Deus te tirou do Egito, de noite.

2 Então sacrificarás a páscoa ao Senhor teu Deus, das ovelhas e das vacas, no
lugar que o Senhor escolher para ali fazer habitar o seu nome.

3 Nela não comerás levedado; sete dias nela comerás pães ázimos, pão de aflição
(porquanto apressadamente saíste da terra do Egito), para que te lembres do dia
da tua saída da terra do Egito, todos os dias da tua vida.

4 Levedado não aparecerá contigo por sete dias em todos os teus termos; também
da carne que matares à tarde, no primeiro dia, nada ficará até à manhã.

5 Não poderás sacrificar a páscoa em nenhuma das tuas portas que te dá o Senhor
teu Deus;

6 Senão no lugar que escolher o Senhor teu Deus, para fazer habitar o seu nome,
ali sacrificarás a páscoa à tarde, ao pôr do sol, ao tempo determinado da tua
saída do Egito.

7 Então a cozerás, e comerás no lugar que escolher o Senhor teu Deus; depois
voltarás pela manhã, e irás às tuas tendas.

8 Seis dias comerás pães ázimos e no sétimo dia é solenidade ao Senhor teu Deus;
nenhum trabalho farás.

9 Sete semanas contarás; desde que a foice começar na seara iniciarás a contar
as sete semanas.

10 Depois celebrarás a festa das semanas ao Senhor teu Deus; o que deres será
oferta voluntária da tua mão, segundo o Senhor teu Deus te houver abençoado.

11 E te alegrarás perante o Senhor teu Deus, tu, e teu filho, e tua filha, e o
teu servo, e a tua serva, e o levita que está dentro das tuas portas, e o
estrangeiro, e o órfão, e a viúva, que estão no meio de ti, no lugar que o
Senhor teu Deus escolher para ali fazer habitar o seu nome.

12 E lembrar-te-ás de que foste servo no Egito; e guardarás estes estatutos, e
os cumprirás.

13 A festa dos tabernáculos celebrarás sete dias, quando tiveres colhido da tua
eira e do teu lagar.

14 E, na tua festa, alegrar-te-ás, tu, e teu filho, e tua filha, e o teu servo,
e a tua serva, e o levita, e o estrangeiro, e o órfão, e a viúva, que estão
dentro das tuas portas.

15 Sete dias celebrarás a festa ao Senhor teu Deus, no lugar que o Senhor
escolher; porque o Senhor teu Deus te há de abençoar em toda a tua colheita, e
em todo o trabalho das tuas mãos; por isso certamente te alegrarás.

16 Três vezes no ano todo o homem entre ti aparecerá perante o Senhor teu Deus,
no lugar que escolher, na festa dos pães ázimos, e na festa das semanas, e na
festa dos tabernáculos; porém não aparecerá vazio perante o Senhor;

17 Cada um, conforme ao dom da sua mão, conforme a bênção do Senhor teu Deus,
que lhe tiver dado.

18 Juízes e oficiais porás em todas as tuas cidades que o Senhor teu Deus te der
entre as tuas tribos, para que julguem o povo com juízo de justiça.

19 Não torcerás o juízo, não farás acepção de pessoas, nem receberás peitas;
porquanto a peita cega os olhos dos sábios, e perverte as palavras dos justos.

20 A justiça, somente a justiça seguirás; para que vivas, e possuas em herança a
terra que te dará o Senhor teu Deus.

21 Não plantarás nenhuma árvore junto ao altar do Senhor teu Deus, que fizeres
para ti.

22 Nem levantarás imagem, a qual o Senhor teu Deus odeia.

Mensagem crista Deuteronomio 16

Refletindo sobre a Passagem Bíblica

Deuteronômio 16:1-22 nos ensina sobre as leis e os costumes que foram estabelecidos por Deus para o povo de Israel. Esta passagem nos ensina sobre a celebração da Páscoa, a festa dos Pães Ázimos, a festa das Semanas e a festa dos Tabernáculos. Estas festividades foram estabelecidas como um meio de lembrar ao povo de Israel que Deus os libertou do Egito e os trouxe à Terra Prometida. É importante destacar que estas festividades eram para ser celebradas com alegria e alegria, pois Deus havia abençoado o povo com uma abundância de bênçãos.

A passagem também nos ensina sobre a importância da justiça. Deus ordenou que o povo de Israel estabelecesse juízes e oficiais em todas as suas cidades para julgar o povo com justiça. Deus proíbe a acepção de pessoas e a aceitação de peitas, pois isso pode cegar os olhos dos sábios e perverter as palavras dos justos. Assim, nós devemos seguir a justiça e não fazer acepção de pessoas.

Finalmente, este texto nos ensina sobre a importância de adorar a Deus com alegria e gratidão. Deus ordenou que o povo de Israel celebrou as festas com alegria e que eles se lembrassem de Deus e de sua bondade. Deus também proíbe o plantio de árvores junto ao altar e o levantamento de imagens, pois isso ofende a Deus.

Em suma, Deuteronômio 16:1-22 nos ensina sobre as leis e os costumes que Deus estabeleceu para o povo de Israel. Esta passagem nos ensina sobre a celebração das festividades, a importância da justiça e a importância de adorar a Deus com alegria e gratidão. Que possamos aprender com esta passagem e seguir os ensinamentos de Deus. Amém!

Deuteronômio 16: Regras para Páscoa, Semana e Tabernáculos

Deuteronômio 16 é um capítulo da Bíblia Hebraica que descreve os três principais festivais anuais celebrados por Israel. O capítulo começa com instruções sobre a celebração da Páscoa que é celebrada no mês de Abibe, na lua cheia. Esta é seguida por instruções sobre a Semana, que é celebrada seis semanas após a Páscoa. Por fim, temos instruções sobre a celebração dos Tabernáculos, que é celebrada sete semanas após a Páscoa.

Deuteronômio 16 descreve o processo de celebração destes três festivais em detalhes. A Páscoa é celebrada com um sacrifício de animal e é seguida por uma ceia. Os israelitas também são instruídos a guardar os sete dias de levedura e comer pão ázimo. A Semana é celebrada com uma oferta voluntária de acordo com o que o Senhor abençoou. Por fim, os Tabernáculos são celebrados com alegria e alegria em nome do Senhor.

Deuteronômio 16 também descreve a função dos juízes e dos oficiais nas cidades israelitas. Os israelitas são instruídos a julgar o povo segundo a justiça, sem aceitar peitas ou torcer o juízo. Finalmente, o capítulo termina com uma advertência contra a adoração de ídolos e a adoração de imagens, que o Senhor odeia.

FAQ sobre Deuteronômio 16

1. Quais são os três principais festivais descritos em Deuteronômio 16?

Os três principais festivais descritos em Deuteronômio 16 são a Páscoa, a Semana e os Tabernáculos.

2. O que é necessário para celebrar a Páscoa?

Para celebrar a Páscoa, é necessário um sacrifício de animal e uma ceia. Os israelitas também são instruídos a guardar os sete dias de levedura e a comer pão ázimo.

3. Como é a celebração da Semana?

A Semana é celebrada com uma oferta voluntária de acordo com o que o Senhor abençoou.

4. Qual é a função dos juízes e dos oficiais nas cidades israelitas?

A função dos juízes e dos oficiais nas cidades israelitas é julgar o povo segundo a justiça, sem aceitar peitas ou torcer o juízo.

5. Que advertências existem no capítulo?

No capítulo existe a advertência contra a adoração de ídolos e a adoração de imagens, que o Senhor odeia.

Leave A Reply

Your email address will not be published.