Descubra a Libertação em Eclesiastes 1: Venha conhecer a sabedoria dos céus

0

No livro de Eclesiastes, o pregador nos convida a refletir sobre a vaidade e a aflição de espírito que nos cerca. Por meio de sua sabedoria, o pregador nos mostra que, por mais que os homens se esforcem, as coisas sempre acabam voltando ao mesmo lugar, pois tudo é vaidade. O pregador nos ensina que, para alcançarmos a verdadeira satisfação e paz, precisamos nos aproximar de Deus, pois somente nele encontraremos a libertação da vaidade e da aflição. Por isso, abraçamos a rica sabedoria que nos é oferecida em Eclesiastes 1 e buscamos a verdadeira satisfação na presença de Deus.

Salmo Eclesiastes 1

Conteúdo

Tabela sobre Eclesiastes 1

Personagem Lição
Pregador A vaidade é inútil; a sabedoria não é suficiente para nos dar a felicidade.
Homem Todo trabalho humano é passageiro e não tem utilidade.
Sol A vida é cíclica e nada se mantém para sempre.
Vento Mudanças são inevitáveis.
Rios O esforço humano é inútil diante da força da natureza.

Eclesiastes 1

1 Palavras do pregador, filho de Davi, rei em Jerusalém.

2 Vaidade de vaidades, diz o pregador, vaidade de vaidades! Tudo é vaidade.

3 Que proveito tem o homem, de todo o seu trabalho, que faz debaixo do sol?

4 Uma geração vai, e outra geração vem; mas a terra para sempre permanece.

5 Nasce o sol, e o sol se põe, e apressa-se e volta ao seu lugar de onde nasceu.

6 O vento vai para o sul, e faz o seu giro para o norte; continuamente vai
girando o vento, e volta fazendo os seus circuitos.

7 Todos os rios vão para o mar, e contudo o mar não se enche; ao lugar para onde
os rios vão, para ali tornam eles a correr.

8 Todas as coisas são trabalhosas; o homem não o pode exprimir; os olhos não se
fartam de ver, nem os ouvidos se enchem de ouvir.

9 O que foi, isso é o que há de ser; e o que se fez, isso se fará; de modo que
nada há de novo debaixo do sol.

10 Há alguma coisa de que se possa dizer: Vê, isto é novo? Já foi nos séculos
passados, que foram antes de nós.

11 Já não há lembrança das coisas que precederam, e das coisas que hão de ser
também delas não haverá lembrança, entre os que hão de vir depois.

12 Eu, o pregador, fui rei sobre Israel em Jerusalém.

13 E apliquei o meu coração a esquadrinhar, e a informar-me com sabedoria de
tudo quanto sucede debaixo do céu; esta enfadonha ocupação deu Deus aos filhos
dos homens, para nela os exercitar.

14 Atentei para todas as obras que se fazem debaixo do sol, e eis que tudo era
vaidade e aflição de espírito.

15 Aquilo que é torto não se pode endireitar; aquilo que falta não se pode
calcular.

16 Falei eu com o meu coração, dizendo: Eis que eu me engrandeci, e sobrepujei
em sabedoria a todos os que houve antes de mim em Jerusalém; e o meu coração
contemplou abundantemente a sabedoria e o conhecimento.

17 E apliquei o meu coração a conhecer a sabedoria e a conhecer os desvarios e
as loucuras, e vim a saber que também isto era aflição de espírito.

18 Porque na muita sabedoria há muito enfado; e o que aumenta em conhecimento,
aumenta em dor.

Mensagem crista Eclesiastes 1

Eclesiastes 1:1-18

Vaidade de Vaidades

O livro de Eclesiastes começa com uma reflexão profunda e sombria sobre a vaidade do mundo. O pregador, filho de Davi, rei em Jerusalém, nos mostra que o trabalho humano, a passagem das gerações e a mesma natureza não têm nenhum proveito. O sol nasce e se põe, os rios vão para o mar, mas nada disso traz nenhum proveito ao homem. Não há nada de novo debaixo do sol, e mesmo aqueles que se engrandecem em sabedoria acabam encontrando aflição de espírito.

A Mensagem

Este texto nos dá uma mensagem profunda e significativa. A vida é fugaz, e as riquezas e bens deste mundo são passageiros e vãos. O que realmente importa é o que está além deste mundo, aquilo que não pode ser visto ou tocado, mas que está no coração de cada um. Deus nos dá a vida, e é nEle que devemos colocar nossa esperança, pois somente Ele nos dará a verdadeira satisfação e alegria.

Uma Reflexão

Ao refletir sobre este texto, somos lembrados de que a vida é passageira e que os bens deste mundo não nos trarão a verdadeira felicidade. É necessário que busquemos a Deus e coloquemos nossa esperança nele, pois somente Ele pode nos dar a alegria que procuramos.

Eclesiastes 1: Uma análise

Neste capítulo, o pregador e rei Davi analisa as limitações do homem e seu trabalho “debaixo do sol”. Ele afirma que tudo o que o homem faz é em vão, pois a terra permanece a mesma e o homem não consegue mudar a realidade.

A sabedoria não oferece respostas que satisfaçam o homem, mas ao invés disso, aumenta a angústia e a dor. Para o pregador, a única saída para esta situação é a resignação, pois a vida é, na maioria das vezes, algo que não podemos mudar.

FAQ – Eclesiastes 1

O que o pregador e rei Davi analisa no Eclesiastes 1?

No Eclesiastes 1, o pregador e rei Davi analisa as limitações do homem e seu trabalho “debaixo do sol”, afirmando que tudo o que o homem faz é em vão, pois a terra permanece a mesma e o homem não consegue mudar a realidade.

A sabedoria oferece respostas para o homem?

Não. Pelo contrário, a sabedoria aumenta a angústia e a dor. Para o pregador, a única saída para esta situação é a resignação, pois a vida é, na maioria das vezes, algo que não podemos mudar.

Qual é a mensagem de Eclesiastes 1?

A mensagem de Eclesiastes 1 é que a vida é, na maioria das vezes, algo que não podemos mudar. O homem não consegue alterar o destino da terra e tudo o que ele faz é em vão. A única saída é a resignação.

Leave A Reply

Your email address will not be published.