Explorando a Sabedoria da Palavra em Eclesiastes 7: Equilíbrio e Retidão…

0

Refletindo sobre a passagem bíblica de Eclesiastes 7, podemos entender que Deus nos deu sabedoria para vivermos uma vida de retidão e equilíbrio. Nesta passagem, o Pregoeiro nos ensina sobre o valor da sabedoria, o perigo da impiedade e a importância de temermos a Deus. Ele nos ensina que a prosperidade devemos aproveitá-la, mas a adversidade devemos considerá-la com humildade. Ele nos ensina também que não devemos nos apressar em nosso espírito para nos irritarmos e que a sabedoria nos dará vida. Por fim, ele nos ensina que Deus nos fez retos, mas que muitas vezes procuramos muitas astúcias. Ao refletirmos sobre estes ensinamentos, podemos nos aproximar mais de Deus e vivermos uma vida de retidão, equilíbrio e sabedoria.

Salmo Eclesiastes 7

Conteúdo

Tabela sobre Eclesiastes 7

Personagens Principais Lições
Sábio A sabedoria é melhor do que o riso; a sabedoria dá vida ao seu possuidor; a sabedoria é melhor do que a herança.
Tolo O riso do tolo é vaidade; a ira repousa no íntimo dos tolos; o tolo não consegue ver o que há de vir depois dele.
Justo A justiça é melhor do que o melhor ungüento; o justo não deve ser demasiado justo ou sábio para não se destruir.
Ímpio O ímpio não deve ser demasiado ímpio ou louco para não morrer fora de seu tempo; o suborno corrompe o coração.
Mulher A mulher cujo coração são redes e laços é mais amarga do que a morte; quem teme a Deus escapa dela.

Eclesiastes 7

1 Melhor é a boa fama do que o melhor ungüento, e o dia da morte do que o dia do
nascimento de alguém.

2 Melhor é ir à casa onde há luto do que ir à casa onde há banquete, porque
naquela está o fim de todos os homens, e os vivos o aplicam ao seu coração.

3 Melhor é a mágoa do que o riso, porque com a tristeza do rosto se faz melhor o
coração.

4 O coração dos sábios está na casa do luto, mas o coração dos tolos na casa da
alegria.

5 Melhor é ouvir a repreensão do sábio, do que ouvir alguém a canção do tolo.

6 Porque qual o crepitar dos espinhos debaixo de uma panela, tal é o riso do
tolo; também isto é vaidade.

7 Verdadeiramente que a opressão faria endoidecer até ao sábio, e o suborno
corrompe o coração.

8 Melhor é o fim das coisas do que o princípio delas; melhor é o paciente de
espírito do que o altivo de espírito.

9 Não te apresses no teu espírito a irar-te, porque a ira repousa no íntimo dos
tolos.

10 Nunca digas: Por que foram os dias passados melhores do que estes? Porque não
provém da sabedoria esta pergunta.

11 Tão boa é a sabedoria como a herança, e dela tiram proveito os que vêem o
sol.

12 Porque a sabedoria serve de defesa, como de defesa serve o dinheiro; mas a
excelência do conhecimento é que a sabedoria dá vida ao seu possuidor.

13 Atenta para a obra de Deus; porque quem poderá endireitar o que ele fez
torto?

14 No dia da prosperidade goza do bem, mas no dia da adversidade considera;
porque também Deus fez a este em oposição àquele, para que o homem nada descubra
do que há de vir depois dele.

15 Tudo isto vi nos dias da minha vaidade: há justo que perece na sua justiça, e
há ímpio que prolonga os seus dias na sua maldade.

16 Não sejas demasiadamente justo, nem demasiadamente sábio; por que te
destruirias a ti mesmo?

17 Não sejas demasiadamente ímpio, nem sejas louco; por que morrerias fora de
teu tempo?

18 Bom é que retenhas isto, e também daquilo não retires a tua mão; porque quem
teme a Deus escapa de tudo isso.

19 A sabedoria fortalece ao sábio, mais do que dez poderosos que haja na cidade.

20 Na verdade que não há homem justo sobre a terra, que faça o bem, e nunca
peque.

21 Tampouco apliques o teu coração a todas as palavras que se disserem, para que
não venhas a ouvir o teu servo amaldiçoar-te.

22 Porque o teu coração também já confessou que muitas vezes tu amaldiçoaste a
outros.

23 Tudo isto provei-o pela sabedoria; eu disse: Sabedoria adquirirei; mas ela
ainda estava longe de mim.

24 O que já sucedeu é remoto e profundíssimo; quem o achará?

25 Eu apliquei o meu coração para saber, e inquirir, e buscar a sabedoria e a
razão das coisas, e para conhecer que a impiedade é insensatez e que a
estultícia é loucura.

26 E eu achei uma coisa mais amarga do que a morte, a mulher cujo coração são
redes e laços, e cujas mãos são ataduras; quem for bom diante de Deus escapará
dela, mas o pecador virá a ser preso por ela.

27 Vedes aqui, isto achei, diz o pregador, conferindo uma coisa com a outra para
achar a razão delas;

28 A qual ainda busca a minha alma, porém ainda não a achei; um homem entre mil
achei eu, mas uma mulher entre todas estas não achei.

29 Eis aqui, o que tão-somente achei: que Deus fez ao homem reto, porém eles
buscaram muitas astúcias.

Mensagem crista Eclesiastes 7

Eclesiastes 7:1-29: A Sabedoria e a Vaidade

O livro de Eclesiastes nos ensina a reconhecer a sabedoria que vem de Deus e nos livra da vaidade. O capítulo 7 deste livro começa com o versículo 1, que diz: “Melhor é a boa fama do que o melhor ungüento, e o dia da morte do que o dia do nascimento de alguém.” A boa fama é mais importante que a aparência externa. A morte é uma realidade que todos vamos enfrentar, e devemos nos preparar para ela.

Versículos 2-4: A Casa do Luto e a Casa da Alegria

Os versículos 2-4 nos ensinam que é melhor ir à casa onde há luto, pois é onde está o fim de todos os homens. A tristeza nos ajuda a ter o coração melhor e o coração dos sábios está na casa do luto, enquanto o coração dos tolos está na casa da alegria. É melhor ouvir a repreensão do sábio que ouvir alguém a canção do tolo.

Versículos 5-8: A Opressão e o Suborno

Os versículos 5-8 nos ensinam que a opressão e o suborno podem corromper o coração. O fim das coisas é melhor do que o princípio delas e o paciente de espírito é melhor do que o altivo de espírito. Não devemos nos apressar em irar-nos, pois a ira repousa no íntimo dos tolos.

Versículos 9-17: A Sabedoria e a Herança

Os versículos 9-17 nos ensinam que a sabedoria é como uma herança que nos dá vida. Devemos atentar para a obra de Deus, pois quem poderá endireitar o que ele fez torto? No dia da prosperidade devemos gozar do bem, mas no dia da adversidade devemos considerar. Não devemos ser demasiadamente justos ou demasiadamente ímpios, pois isso pode nos destruir. A sabedoria fortalece o sábio, mais do que dez poderosos que haja na cidade.

Versículos 18-29: A Impiedade e a Estultícia

Os versículos 18-29 nos ensinam que não há homem justo sobre a terra que faça o bem e nunca peque. Não devemos aplicar o nosso coração a todas as palavras que se disserem, para que não venhamos a ouvir o nosso servo amaldiçoar-nos. Provemos pela sabedoria que a impiedade é insensatez e que a estultícia é loucura. A mulher cujo coração são redes e laços, e cujas mãos são ataduras, é mais amarga do que a morte. Quem teme a Deus escapa dela, mas o pecador virá a ser preso por ela.

Eclesiastes 7:1-29 nos ensina a reconhecer a sabedoria que vem de Deus, a nos preparar para a morte, a preferir a casa do luto à casa da alegria, a ter paciência, a não sermos demasiadamente justos ou demasiadamente ímpios, a nos esforçarmos para adquirir a sabedoria e a evitar a impiedade e a estultícia. Que possamos aprender com as lições desta passagem bíblica e buscar a sabedoria de Deus para nossas vidas.

O que diz Eclesiastes 7?

Eclesiastes 7 apresenta um ensinamento de sabedoria e reflexão sobre a vida. O autor, conhecido como ‘o Preacher’ (o pregador), destaca a importância de prestar atenção às circunstâncias da vida, não se apressando a irar-se e não buscando exaltar-se acima dos outros. Ele também destaca a importância da sabedoria, pois ela é a única coisa que nos protege e nos ajuda a entender a obra de Deus na vida. Por fim, o Preacher também destaca a importância da honestidade e da fé em Deus, pois são essas virtudes que nos ajudam a escapar das armadilhas da vida e nos ajudam a encontrar a verdadeira felicidade.

Principais ensinamentos de Eclesiastes 7

1. A boa fama é melhor do que os melhores perfumes, e o dia da morte é melhor do que o dia do nascimento de alguém.

2. É melhor visitar a casa onde há luto do que visitar a casa onde há banquete, pois todos os homens têm um fim e devem considerar isso.

3. A tristeza do rosto é melhor do que o riso, pois ela ajuda a melhorar o coração.

4. Os sábios ficam na casa do luto, mas os tolos ficam na casa da alegria.

5. É melhor ouvir a repreensão do sábio do que a canção do tolo.

6. A opressão pode deixar o sábio louco, e o suborno pode corromper o coração.

7. O fim das coisas é melhor do que o seu princípio, e o paciente de espírito é melhor do que o altivo.

8. Não se apresse a irar-se, pois a ira repousa no íntimo dos tolos.

9. A sabedoria é tão boa quanto a herança, e ela dá vida ao seu possuidor.

10. Preste atenção à obra de Deus, pois ninguém pode corrigir o que ele fez torto.

11. Goze do bem no dia da prosperidade, mas considere no dia da adversidade, pois Deus fez um para responder ao outro.

12. Não seja demasiadamente justo nem demasiadamente sábio, pois isso pode destruí-lo.

13. Não seja demasiadamente ímpio nem louco, pois isso pode matá-lo antes do tempo.

14. Quem teme a Deus escapa de tudo isso.

15. A sabedoria fortalece o sábio, mais do que dez poderosos juntos.

16. Não há homem justo na terra, pois todo homem peca.

17. Não dê ouvidos a todas as palavras que são ditas, pois isso pode levar o servo a amaldiçoar você.

18. A sabedoria é mais amarga do que a morte, pois uma mulher pode levar ao pecado e à prisão.

FAQ sobre Eclesiastes 7

Q: O que Eclesiastes 7 diz sobre a vida?

R: Eclesiastes 7 destaca a importância de prestar atenção às circunstâncias da vida, não se apressando a irar-se e não buscando exaltar-se acima dos outros. Ele também destaca a importância da sabedoria, pois ela é a única coisa que nos protege e nos ajuda a entender a obra de Deus na vida. Por fim, o Preacher também destaca a importância da honestidade e da fé em Deus, pois são essas virtudes que nos ajudam a escapar das armadilhas da vida e nos ajudam a encontrar a verdadeira felicidade.

Q: Quais são os principais ensinamentos de Eclesiastes 7?

R: Os principais ensinamentos de Eclesiastes 7 são: A boa fama é melhor do que os melhores perfumes, e o dia da morte é melhor do que o dia do nascimento de alguém; é melhor visitar a casa onde há luto do que visitar a casa onde há banquete, pois todos os homens têm um fim e devem considerar isso; a tristeza do rosto é melhor do que o riso, pois ela ajuda a melhorar o coração; os sábios ficam na casa do luto, mas os tolos ficam na casa da alegria; é melhor ouvir a repreensão do sábio do que a canção do tolo; a opressão pode deixar o sábio louco, e o suborno pode corromper o coração; o fim das coisas é melhor do que o seu princípio, e o paciente de espírito é melhor do que o altivo; não se apresse a irar-se, pois a ira repousa no íntimo dos tolos; a sab

Leave A Reply

Your email address will not be published.