Libertos pela Fé: O Êxodo 1 e o Poder de Deus na Nossa Vida!

0

O Êxodo 1 narra a história dos filhos de Israel que saem do Egito como um povo livre, após sofrerem escravidão. É uma passagem bíblica que nos lembra o quanto Deus nos ama e nos liberta da escravidão. Para nós, cristãos, essa passagem nos ensina que Deus é o nosso libertador e que Ele tem um propósito para nossa vida. Nessa passagem, vemos que Deus usou Sua sabedoria para proteger e preservar Seu povo, mesmo quando eles passaram por grandes aflições e opressão. Também vemos como Deus usou Sua graça para abençoar aqueles que temiam a Ele e obedeciam às Suas ordens. A passagem do Êxodo 1 nos ensina que, mesmo em meio às dificuldades, Deus está presente para nos ajudar e nos guiar. É uma lição de fé e esperança para todos nós.

Salmo Exodo 1

Conteúdo

Tabela sobre Êxodo 1

Personagem Lição
Jacó A importância de unir famílias e a perseverança
José O poder de seguir seus sonhos e a fé em Deus
Rei do Egito A importância de não julgar as pessoas por sua aparência
Parteiras A importância de seguir a consciência e ter fé em Deus

Êxodo 1

1 Estes pois são os nomes dos filhos de Israel, que entraram no Egito com Jacó;
cada um entrou com sua casa:

2 Rúben, Simeão, Levi, e Judá;

3 Issacar, Zebulom, e Benjamim;

4 Dã e Naftali, Gade e Aser.

5 Todas as almas, pois, que procederam dos lombos de Jacó, foram setenta almas;
José, porém, estava no Egito.

6 Faleceu José, e todos os seus irmãos, e toda aquela geração.

7 E os filhos de Israel frutificaram, aumentaram muito, e multiplicaram-se, e
foram fortalecidos grandemente; de maneira que a terra se encheu deles.

8 E levantou-se um novo rei sobre o Egito, que não conhecera a José;

9 O qual disse ao seu povo: Eis que o povo dos filhos de Israel é muito, e mais
poderoso do que nós.

10 Eia, usemos de sabedoria para com eles, para que não se multipliquem, e
aconteça que, vindo guerra, eles também se ajuntem com os nossos inimigos, e
pelejem contra nós, e subam da terra.

11 E puseram sobre eles maiorais de tributos, para os afligirem com suas cargas.
Porque edificaram a Faraó cidades-armazéns, Pitom e Ramessés.

12 Mas quanto mais os afligiam, tanto mais se multiplicavam, e tanto mais
cresciam; de maneira que se enfadavam por causa dos filhos de Israel.

13 E os egípcios faziam servir os filhos de Israel com dureza;

14 Assim que lhes fizeram amargar a vida com dura servidão, em barro e em
tijolos, e com todo o trabalho no campo; com todo o seu serviço, em que os
obrigavam com dureza.

15 E o rei do Egito falou às parteiras das hebréias (das quais o nome de uma era
Sifrá, e o da outra Puá),

16 E disse: Quando ajudardes a dar à luz às hebréias, e as virdes sobre os
assentos, se for filho, matai-o; mas se for filha, então viva.

17 As parteiras, porém, temeram a Deus e não fizeram como o rei do Egito lhes
dissera, antes conservavam os meninos com vida.

18 Então o rei do Egito chamou as parteiras e disse-lhes: Por que fizestes isto,
deixando os meninos com vida?

19 E as parteiras disseram a Faraó: É que as mulheres hebréias não são como as
egípcias; porque são vivas, e já têm dado à luz antes que a parteira venha a
elas.

20 Portanto Deus fez bem às parteiras. E o povo se aumentou, e se fortaleceu
muito.

21 E aconteceu que, como as parteiras temeram a Deus, ele estabeleceu-lhes
casas.

22 Então ordenou Faraó a todo o seu povo, dizendo: A todos os filhos que
nascerem lançareis no rio, mas a todas as filhas guardareis com vida.

Mensagem crista Exodo 1

Gênesis 46:1-22

A Entrada dos Filhos de Jacó no Egito

De acordo com o relato do livro de Gênesis, Jacó, o patriarca israelita, teve 12 filhos com quem entrou no Egito. Estes filhos foram Rúben, Simeão, Levi, Judá, Issacar, Zebulom, Benjamim, Dã, Naftali, Gade e Aser. Todos eles somavam 70 almas, incluindo José que já estava no Egito. Com o falecimento de José e de toda aquela geração, os filhos de Jacó se multiplicaram, aumentaram muito e se tornaram muito fortes, de modo que a terra se encheu deles.

A Reação do Novo Rei do Egito

Em seguida, um novo rei do Egito veio ao poder e, ao perceber o crescimento dos filhos de Israel, decidiu usar a sabedoria para que não se multiplicassem e acabassem se tornando inimigos do Egito. Assim, impôs tributos sobre eles para afligir e oprimir, e fez com que construíssem cidades-armazéns para Faraó. Contudo, quanto mais eles eram afligidos, mais se multiplicavam e cresciam, de modo que os egípcios se enfadavam com os filhos de Israel.

O Plano de Faraó para Controlar a População

Para controlar a população, Faraó determinou que as parteiras hebréias matassem os meninos recém-nascidos, mas deixassem viver as meninas. No entanto, elas temeram a Deus e não fizeram como o rei havia determinado. Por seu temor ao Senhor, Deus abençoou as parteiras com bênçãos e o povo se aumentou e se fortaleceu muito. Finalmente, Faraó ordenou que todos os meninos recém-nascidos fossem lançados no rio, mas que as meninas fossem poupadas.

Reflexão

Através desta passagem, somos lembrados da soberania e do poder de Deus. Embora Faraó tenha tentado controlar a população dos filhos de Jacó, ele não pôde impedir que eles se multiplicassem e crescessem. Isso nos mostra que, mesmo diante de circunstâncias difíceis, Deus pode trabalhar em nosso favor. Além disso, a história também nos mostra a importância de temer a Deus e obedecer a Sua Palavra. É por meio da fé e do temor a Deus que podemos resistir ao mal e nos aproximarmos mais de Deus.

O Livro do Êxodo – Êxodo 1

O primeiro capítulo do Livro do Êxodo é o primeiro capítulo do Antigo Testamento, que é a segunda parte da Bíblia. O capítulo conta a história do povo de Israel, que saiu do Egito, liderado por Moisés. No capítulo, Moisés descreve os filhos de Israel que entraram no Egito, e como eles se multiplicaram e aumentaram. Ele também conta como o novo rei do Egito tentou controlar a população de Israel e como as parteiras hebréias desobedeceram ao rei e salvaram os meninos. O capítulo termina com o rei do Egito ordenando que todos os filhos recém-nascidos sejam jogados no rio, mas que todas as filhas sejam mantidas vivas.

FAQ – Êxodo 1

O que é o Livro do Êxodo?

O Livro do Êxodo é o segundo livro do Antigo Testamento da Bíblia. Escrito por Moisés, conta a história da saída do povo de Israel do Egito.

Quem eram os filhos de Israel que entraram no Egito?

Os filhos de Israel que entraram no Egito foram Rúben, Simeão, Levi, Judá, Issacar, Zebulom, Benjamim, Dã, Naftali, Gade e Aser.

Por que o rei do Egito ordenou que os meninos recém-nascidos de Israel fossem jogados no rio?

O rei do Egito ordenou que os meninos recém-nascidos de Israel fossem jogados no rio por medo de que eles se multiplicassem e se juntassem com os inimigos do Egito. Ele queria evitar que eles subissem da terra e lutassem contra o Egito.

O que aconteceu com as parteiras hebréias que desobedeceram ao rei do Egito?

As parteiras hebréias que desobedeceram ao rei do Egito temeram a Deus e salvaram os meninos com vida. Como recompensa, Deus lhes deu casas e o povo de Israel aumentou e se fortaleceu.

Leave A Reply

Your email address will not be published.