Gênesis 45: Deus nos mostra a Sua incrível Bondade!

0

Neste capítulo da Bíblia, Gênesis 45, somos testemunhas de uma das cenas mais emocionantes do Antigo Testamento: o reencontro de José com seus irmãos. Depois de anos de separação, José, agora governador do Egito, descobre sua identidade a seus irmãos e se despede deles com lágrimas nos olhos. Esta passagem nos ensina sobre a incrível bondade de Deus, que usou as circunstâncias difíceis de José para salvar a sua família da fome e lhes dar uma nova vida. Por meio desta história, Deus nos mostra que, mesmo em meio às dificuldades, Ele sempre tem um propósito maior. Que possamos aprender com o exemplo de José e confiar em Deus em todas as situações da nossa vida!

Salmo Genesis 45

Conteúdo

Tabela sobre Gênesis 45

Personagem Lição
José Deus age de maneiras inesperadas para nos salvar e nos abençoar.
Faraó A submissão a Deus pode nos abrir portas e nos dar autoridade.
Jacó A fé em Deus nos traz esperança mesmo em meio às mais difíceis circunstâncias.
Benjamim A reconciliação é possível mesmo entre aqueles que passaram por grandes desavenças.

Gênesis 45

1 Então José não se podia conter diante de todos os que estavam com ele; e
clamou: Fazei sair daqui a todo o homem; e ninguém ficou com ele, quando José se
deu a conhecer a seus irmãos.

2 E levantou a sua voz com choro, de maneira que os egípcios o ouviam, e a casa
de Faraó o ouviu.

3 E disse José a seus irmãos: Eu sou José; vive ainda meu pai? E seus irmãos não
lhe puderam responder, porque estavam pasmados diante da sua face.

4 E disse José a seus irmãos: Peço-vos, chegai-vos a mim. E chegaram-se; então
disse ele: Eu sou José vosso irmão, a quem vendestes para o Egito.

5 Agora, pois, não vos entristeçais, nem vos pese aos vossos olhos por me
haverdes vendido para cá; porque para conservação da vida, Deus me enviou
adiante de vós.

6 Porque já houve dois anos de fome no meio da terra, e ainda restam cinco anos
em que não haverá lavoura nem sega.

7 Pelo que Deus me enviou adiante de vós, para conservar vossa sucessão na
terra, e para guardar-vos em vida por um grande livramento.

8 Assim não fostes vós que me enviastes para cá, senão Deus, que me tem posto
por pai de Faraó, e por senhor de toda a sua casa, e como regente em toda a
terra do Egito.

9 Apressai-vos, e subi a meu pai, e dizei-lhe: Assim tem dito o teu filho José:
Deus me tem posto por senhor em toda a terra do Egito; desce a mim, e não te
demores;

10 E habitarás na terra de Gósen, e estarás perto de mim, tu e os teus filhos, e
os filhos dos teus filhos, e as tuas ovelhas, e as tuas vacas, e tudo o que
tens.

11 E ali te sustentarei, porque ainda haverá cinco anos de fome, para que não
pereças de pobreza, tu e tua casa, e tudo o que tens.

12 E eis que vossos olhos, e os olhos de meu irmão Benjamim, vêem que é minha
boca que vos fala.

13 E fazei saber a meu pai toda a minha glória no Egito, e tudo o que tendes
visto, e apressai-vos a fazer descer meu pai para cá.

14 E lançou-se ao pescoço de Benjamim seu irmão, e chorou; e Benjamim chorou
também ao seu pescoço.

15 E beijou a todos os seus irmãos, e chorou sobre eles; e depois seus irmãos
falaram com ele.

16 E esta notícia ouviu-se na casa de Faraó: Os irmãos de José são vindos; e
pareceu bem aos olhos de Faraó, e aos olhos de seus servos.

17 E disse Faraó a José: Dize a teus irmãos: Fazei isto: carregai os vossos
animais e parti, tornai à terra de Canaã.

18 E tornai a vosso pai, e às vossas famílias, e vinde a mim; e eu vos darei o
melhor da terra do Egito, e comereis da fartura da terra.

19 A ti, pois, é ordenado: Fazei isto: tomai vós da terra do Egito carros para
vossos meninos, para vossas mulheres, e para vosso pai, e vinde.

20 E não vos pese coisa alguma dos vossos utensílios; porque o melhor de toda a
terra do Egito será vosso.

21 E os filhos de Israel fizeram assim. E José deu-lhes carros, conforme o
mandado de Faraó; também lhes deu comida para o caminho.

22 A todos lhes deu, a cada um, mudas de roupas; mas a Benjamim deu trezentas
peças de prata, e cinco mudas de roupas.

23 E a seu pai enviou semelhantemente dez jumentos carregados do melhor do
Egito, e dez jumentos carregados de trigo e pão, e comida para seu pai, para o
caminho.

24 E despediu os seus irmãos, e partiram; e disse-lhes: Não contendais pelo
caminho.

25 E subiram do Egito, e vieram à terra de Canaã, a Jacó seu pai.

26 Então lhe anunciaram, dizendo: José ainda vive, e ele também é regente em
toda a terra do Egito. E o seu coração desmaiou, porque não os acreditava.

27 Porém, havendo-lhe eles contado todas as palavras de José, que ele lhes
falara, e vendo ele os carros que José enviara para levá-lo, reviveu o espírito
de Jacó seu pai.

28 E disse Israel: Basta; ainda vive meu filho José; eu irei e o verei antes que
morra.

Mensagem crista Genesis 45

Gênesis 45: Versículo 1 ao 4

Todos os presentes naquele momento foram testemunhas da grande revelação de José: ele era o irmão que havia sido vendido para o Egito. O que se seguiu foi um momento de grande emoção, pois José não se conteve e chorou ao se apresentar a seus irmãos. Ele os chamou para se aproximarem e lhes contou que Deus o havia enviado para o Egito para salvar seus irmãos da fome que se aproximava. José ainda afirmou que não haviam sido eles quem o haviam enviado para lá, mas sim Deus. Ele os incentivou a subirem ao encontro de seu pai, contando-lhe de toda a glória que havia conquistado no Egito.

Gênesis 45: Versículo 5 ao 10

José deu a entender a seus irmãos que ainda haveriam cinco anos de fome, por isso os incentivou a que seu pai e a sua família fossem para o Egito, onde ele se encarregaria de sustentá-los. Ao ver a cara de seus irmãos, José não se conteve e os abraçou e beijou, chorando. Depois de contar-lhes o que Deus havia feito por ele, seus irmãos puderam compreender que aquilo tudo havia acontecido por uma razão maior: sua salvação.

Gênesis 45: Versículo 11 ao 15

A notícia de que José ainda vivia e era o regente de toda a terra do Egito chegou até a casa de Faraó. Como resposta a isso, Faraó ordenou que os irmãos de José voltassem para a terra de Canaã e que seu pai fosse até lá para vê-lo. José, então, deu a seus irmãos carros para seu pai e para suas mulheres, além de roupas e prata. Ele também enviou comida para o caminho, para que eles não sofressem com a fome.

Gênesis 45: Versículo 16 ao 28

Os irmãos de José partiram e foram contar a seu pai tudo o que havia acontecido. No entanto, Jacó não acreditou em seus filhos, pois não podia crer que aquilo tudo era verdade. Mas, ao ver os carros que José havia enviado para levá-lo, Jacó reviveu o espírito e decidiu que precisava vê-lo antes de morrer. Assim, Jacó e seus filhos se dirigiram para o Egito, onde José os recebeu com grande alegria e carinho.

Gênesis 45 – O encontro de José com seus irmãos

Gênesis 45 é uma parte da Bíblia que conta a história de José e de seus irmãos. Essa passagem começa com José se revelando a seus irmãos e conta como ele se tornou um grande regente no Egito. Ele também os encoraja a voltarem à terra de Canaã para que seu pai, Jacó, possa vê-lo antes de morrer.

Principais ensinamentos de Gênesis 45

Gênesis 45 ensina-nos que Deus tem o controle de nossas vidas e que sua providência é suficiente mesmo em tempos de grande adversidade. Mesmo sendo vendido como escravo e levado do seu lar para o Egito, José foi usado por Deus para salvar sua família e seu povo da fome. Além disso, Gênesis 45 também nos mostra como a reconciliação é possível, mesmo depois de erros graves, como foi o caso de José e seus irmãos.

FAQ sobre Gênesis 45

Pergunta 1: Qual é a história contada em Gênesis 45?
Resposta: Gênesis 45 conta a história de como José se tornou um grande regente no Egito e como ele se reencontrou com seus irmãos.

Pergunta 2: O que Gênesis 45 ensina?
Resposta: Gênesis 45 ensina que Deus tem o controle de nossas vidas e que sua providência é suficiente mesmo em tempos difíceis. Além disso, Gênesis 45 também nos mostra que é possível a reconciliação mesmo após erros graves.

Pergunta 3: O que é necessário para a reconciliação?
Resposta: A reconciliação requer arrependimento, perdão e humildade para reconhecer os erros cometidos.

Leave A Reply

Your email address will not be published.