A Nova Aliança de Hebreus 8: Perdão, Misericórdia e Comunhão com Deus!

0

Neste texto da Bíblia Sagrada, Hebreus 8, somos apresentados ao novo pacto entre Deus e o seu povo, confirmado na melhor das promessas. Esta nova aliança é muito mais excelente que a primeira, pois Deus promete misericórdia e perdão aos seus filhos. Deus promete atender todas as necessidades dos seus filhos, e que todos o conhecerão, desde o menor até o maior. Esta aliança nos ensina que Deus nos ama e nos quer em sua presença, e que somos capazes de viver em comunhão com Ele. É um convite a todos nós para que vivamos em obediência a Sua vontade e estarmos sempre prontos para servi-Lo.

Salmo Hebreus 8

Conteúdo

Tabela sobre Hebreus 8

Personagens Principais Lições
Sumo Sacerdote Deus nos oferece um melhor sacrifício para a salvação da humanidade.
Moisés Deus nos dá orientação por meio de exemplos.
Deus Deus nos ama incondicionalmente e nos oferece misericórdia.

Hebreus 8

1 Ora, a suma do que temos dito é que temos um sumo sacerdote tal, que está
assentado nos céus à destra do trono da majestade,

2 Ministro do santuário, e do verdadeiro tabernáculo, o qual o Senhor fundou, e
não o homem.

3 Porque todo o sumo sacerdote é constituído para oferecer dons e sacrifícios;
por isso era necessário que este também tivesse alguma coisa que oferecer.

4 Ora, se ele estivesse na terra, nem tão pouco sacerdote seria, havendo ainda
sacerdotes que oferecem dons segundo a lei,

5 Os quais servem de exemplo e sombra das coisas celestiais, como Moisés
divinamente foi avisado, estando já para acabar o tabernáculo; porque foi dito:
Olha, faze tudo conforme o modelo que no monte se te mostrou.

6 Mas agora alcançou ele ministério tanto mais excelente, quanto é mediador de
uma melhor aliança que está confirmada em melhores promessas.

7 Porque, se aquela primeira fora irrepreensível, nunca se teria buscado lugar
para a segunda.

8 Porque, repreendendo-os, lhes diz: Eis que virão dias, diz o Senhor, Em que
com a casa de Israel e com a casa de Judá estabelecerei uma nova aliança,

9 Não segundo a aliança que fiz com seus pais No dia em que os tomei pela mão,
para os tirar da terra do Egito;Como não permaneceram naquela minha aliança,Eu
para eles não atentei, diz o Senhor.

10 Porque esta é a aliança que depois daqueles diasFarei com a casa de Israel,
diz o Senhor; Porei as minhas leis no seu entendimento, E em seu coração as
escreverei; E eu lhes serei por Deus, E eles me serão por povo;

11 E não ensinará cada um a seu próximo, Nem cada um ao seu irmão, dizendo:
Conhece o Senhor; Porque todos me conhecerão, Desde o menor deles até ao maior.

12 Porque serei misericordioso para com suas iniqüidades, E de seus pecados e de
suas prevaricações não me lembrarei mais.

13 Dizendo Nova aliança, envelheceu a primeira. Ora, o que foi tornado velho, e
se envelhece, perto está de acabar.

Mensagem crista Hebreus 8

Introdução

No texto bíblico abaixo, o autor reflete sobre a nova Aliança entre Deus e o povo de Israel. O autor explica que Deus, o Sumo Sacerdote, firmou uma aliança com o povo de Israel, que é melhor do que a aliança anterior, porque é mais profunda e abrangente. O autor também destaca que todos os membros do povo conhecerão a Deus, desde o menor até o maior, e que Deus será misericordioso com as iniqüidades dos seus seguidores.

O Sumo Sacerdote

O texto bíblico começa citando que temos um Sumo Sacerdote que está assentado nos céus à destra do trono da majestade. Este Sumo Sacerdote é o Ministro do santuário e do verdadeiro tabernáculo, o qual o Senhor fundou, e não o homem. O Sumo Sacerdote foi constituído para oferecer dons e sacrifícios, e por isso é necessário que ele também tenha algo a oferecer.

A Nova Aliança

O texto bíblico também diz que, se a primeira aliança entre Deus e o povo de Israel fosse irrepreensível, não haveria necessidade de uma segunda aliança. No entanto, Deus estabeleceu uma nova Aliança com o povo de Israel, que é mais excelente, pois é mediador de uma aliança confirmada em melhores promessas. Esta aliança é diferente da primeira, pois todos os membros do povo conhecerão a Deus, desde o menor até o maior, e Deus será misericordioso para com as iniqüidades deles.

Conclusão

O texto bíblico nos mostra que Deus está sempre pronto para nos oferecer seu perdão e misericórdia, mesmo quando não merecemos. A Nova Aliança entre Deus e o povo de Israel é mais profunda e abrangente, e todos os membros do povo conhecerão a Deus, desde o menor até o maior. É importante lembrar que Deus é nosso Sumo Sacerdote e que Ele tem um plano para nós, mesmo quando não podemos ver.

O que é Hebreus 8?

Hebreus 8 é um capítulo da Bíblia cristã que fala sobre a aliança entre Deus e o Seu povo. O capítulo descreve como Deus estabeleceu uma nova Aliança com o Seu povo, através de um novo sumo sacerdote, que é Jesus Cristo. O capítulo também descreve como Deus é misericordioso e lembrará seus pecados.

O que significa a Nova Aliança?

A Nova Aliança é o relacionamento que Deus estabeleceu com o Seu povo através de Seu Filho Jesus Cristo. Esta Aliança difere da antiga aliança na medida em que Deus promete perdoar os pecados de Seus filhos e lembrar-se deles. A Nova Aliança é também um relacionamento mais íntimo entre Deus e o Seu povo, pois Deus promete estar presente no meio do Seu povo.

FAQ – Perguntas e Respostas sobre Hebreus 8

O que é Hebreus 8?

Hebreus 8 é um capítulo da Bíblia cristã que fala sobre a aliança entre Deus e o Seu povo.

Quem é o sumo sacerdote?

O sumo sacerdote mencionado em Hebreus 8 é Jesus Cristo.

O que significa a Nova Aliança?

A Nova Aliança é o relacionamento que Deus estabeleceu com Seu povo através de Seu Filho Jesus Cristo. Esta Aliança difere da antiga aliança na medida em que Deus promete perdoar os pecados de Seus filhos e lembrar-se deles. A Nova Aliança é também um relacionamento mais íntimo entre Deus e o Seu povo, pois Deus promete estar presente no meio do Seu povo.

Leave A Reply

Your email address will not be published.