Isaías 3: O Guardião da Justiça Revelado

0

Começamos nossa reflexão sobre o capítulo 3 de Isaías, versículos 1 a 26, escritos há mais de 2.700 anos, mas ainda relevantes para nossa vida hoje. Esta passagem bíblica nos lembra que o Senhor, o Deus dos Exércitos, é o Senhor de todos. Ele vê todos os nossos atos e nossas palavras, e não tolera a opressão e a injustiça. Ele julgará os anciãos e os príncipes que exploram o seu povo e tiram vantagem dos pobres. Também nos alerta que, quando nos exaltamos, nos tornamos arrogante e imprudente, e isso nos trará consequências. Ao mesmo tempo, nos anima a ser justos e bondosos uns com os outros, pois Deus recompensará aqueles que praticam a justiça. É nosso dever buscar a orientação de Deus e buscar o Seu conselho, pois Ele é o único que pode nos guiar por um caminho melhor.

Salmo Isaias 3

Conteúdo

Tabela sobre Isaías 3

Personagem Lição
Senhor dos Exércitos Deus é o Senhor de todas as coisas e é quem nos sustenta.
Homem de guerra, juiz, profeta, adivinho, ancião, capitão de cinqüenta, homem respeitável, conselheiro, sábio, eloqüente orador Devemos buscar o conselho de pessoas sábias e experientes.
Meninos e crianças Todos são iguais perante Deus, independente da idade.
Justo O justo receberá as recompensas de suas boas obras.
Ímpio O ímpio receberá as consequências de seus atos.
Filhas de Sião Devemos nos comportar com humildade e respeito.

Isaías 3

1 Porque, eis que o Senhor, o SENHOR dos Exércitos, tirará de Jerusalém e de
Judá o sustento e o apoio; a todo o sustento de pão e a todo o sustento de água;

2 O poderoso, e o homem de guerra, o juiz, e o profeta, e o adivinho, e o
ancião,

3 O capitão de cinqüenta, e o homem respeitável, e o conselheiro, e o sábio
entre os artífices, e o eloqüente orador.

4 E dar-lhes-ei meninos por príncipes, e crianças governarão sobre eles.

5 E o povo será oprimido; um será contra o outro, e cada um contra o seu
próximo; o menino se atreverá contra o ancião, e o vil contra o nobre.

6 Quando alguém pegar de seu irmão na casa de seu pai, dizendo: Tu tens roupa,
sê nosso governador, e toma sob a tua mão esta ruína;

7 Naquele dia levantará este a sua voz, dizendo: Não posso ser médico, nem
tampouco há em minha casa pão, ou roupa alguma; não me haveis de constituir
governador sobre o povo.

8 Porque Jerusalém está arruinada, e Judá caída; porque a sua língua e as suas
obras são contra o Senhor, para provocarem os olhos da sua glória.

9 O aspecto do seu rosto testifica contra eles; e publicam os seus pecados, como
Sodoma; não os dissimulam. Ai da sua alma! Porque fazem mal a si mesmos.

10 Dizei ao justo que bem lhe irá; porque comerão do fruto das suas obras.

11 Ai do ímpio! Mal lhe irá; porque se lhe fará o que as suas mãos fizeram.

12 Os opressores do meu povo são crianças, e mulheres dominam sobre ele; ah,
povo meu! Os que te guiam te enganam, e destroem o caminho das tuas veredas.

13 O Senhor se levanta para pleitear, e põe-se de pé para julgar os povos.

14 O Senhor entrará em juízo contra os anciãos do seu povo, e contra os seus
príncipes; é que fostes vós que consumistes esta vinha; o espólio do pobre está
em vossas casas.

15 Que tendes vós, que esmagais o meu povo e moeis as faces dos pobres? Diz o
Senhor DEUS dos Exércitos.

16 Diz ainda mais o Senhor: Porquanto as filhas de Sião se exaltam, e andam com
o pescoço erguido, lançando olhares impudentes; e quando andam, caminham
afetadamente, fazendo um tilintar com os seus pés;

17 Portanto o Senhor fará tinhoso o alto da cabeça das filhas de Sião, e o
Senhor porá a descoberto a sua nudez,

18 Naquele dia tirará o Senhor os ornamentos dos pés, e as toucas, e adornos em
forma de lua,

19 Os pendentes, e os braceletes, as estolas,

20 Os gorros, e os ornamentos das pernas, e os cintos e as caixinhas de
perfumes, e os brincos,

21 Os anéis, e as jóias do nariz,

22 Os vestidos de festa, e os mantos, e os xales, e as bolsas.

23 Os espelhos, e o linho finíssimo, e os turbantes, e os véus.

24 E será que em lugar de perfume haverá mau cheiro; e por cinto uma corda; e em
lugar de encrespadura de cabelos, calvície; e em lugar de veste luxuosa, pano de
saco; e queimadura em lugar de formosura.

25 Teus homens cairão à espada e teus poderosos na peleja.

26 E as suas portas gemerão e prantearão; e ela, desolada, se assentará no chão.

Mensagem crista Isaias 3

Isaías 3:1-26

A passagem bíblica de Isaías 3:1-26 nos mostra que Deus está pronto para julgar os ímpios e recompensar os justos. O Senhor está pronto para tirar de Jerusalém e Judá o sustento e o apoio, e Ele não terá piedade dos opressores. Deus mostrará seu julgamento àqueles que não obedecem aos seus mandamentos e que não têm piedade dos oprimidos.

O Senhor Tira o Sustento de Jerusalém e Judá (v.1)

De acordo com a passagem bíblica, o Senhor dos Exércitos tirará de Jerusalém e Judá o sustento e o apoio. Isso significa que Deus não permitirá que os ímpios continuem a viver em Sua presença. Ele tirará tudo o que eles têm de bom, para que eles possam ver a Sua justiça e conhecer o Seu poder.

Poderosos e Homens de Guerra São Julgados (v.2-3)

O Senhor também julgará os poderosos e os homens de guerra. Ele julgará os juízes, os profetas, os adivinhos, os anciãos, os capitães de cinqüenta, os homens respeitáveis, os conselheiros, os sábios entre os artífices, e os eloqüentes oradores. Deus não terá misericórdia de aqueles que não obedecem aos Seus mandamentos.

Crianças Governarão Sobre Eles (v.4)

De acordo com a passagem bíblica, Deus dará aos ímpios meninos para governá-los. Isso significa que Deus não permitirá que os ímpios continuem a governar sobre o Seu povo. Ele dará aos justos a oportunidade de governar, e os ímpios serão governados por aqueles que ainda não entendem o Seu poder e a Sua justiça.

O Povo Será Oprimido (v.5)

A passagem bíblica também nos mostra que o povo será oprimido. Os ímpios oprimirão os justos, e cada um lutará contra o seu próximo. Os meninos se atreverão contra os anciãos, e os pobres contra os nobres. Isso significa que Deus não permitirá que os ímpios continuem a governar e oprimir os Seus servos.

O Senhor Pleiteia e Julga os Povos (v.13-14)

O Senhor também se levantará para pleitear e julgar os povos. Ele entrará em juízo contra os anciãos e os príncipes, pois eles roubaram o que pertencia aos pobres. Deus não terá misericórdia dos ímpios, e Ele fará com que eles paguem por seus pecados.

As Filhas de Sião Serão Julgadas (v.16-23)

O Senhor também julgará as filhas de Sião, pois elas se exaltaram e andam com o pescoço erguido, lançando olhares impudentes. Deus as despojará de seus ornamentos e de sua formosura. Em vez de perfume, elas terão mau cheiro, e em vez de cintos, terão cordas. Isso significa que Deus não permitirá que os ímpios continuem a desprezar os Seus mandamentos.

Conclusão

A passagem bíblica de Isaías 3:1-26 nos mostra que Deus está pronto para julgar os ímpios e recompensar os justos. Deus não permitirá que os ímpios continuem a governar e a oprimir os Seus servos. Ele tirará de Jerusalém e Judá o sustento e o apoio, e julgará os poderosos e os homens de guerra. Deus também julgará as filhas de Sião, pois elas se exaltaram e desprezaram os Seus mandamentos. Portanto, devemos nos esforçar para obedecer aos mandamentos de Deus e ter misericórdia dos oprimidos.

Introdução a Isaías 3


Isaías 3 é o terceiro capítulo do livro do profeta Isaías. Nele, Deus anuncia a desolação de Jerusalém e Judá como resultado do pecado do povo. Além disso, Deus também anuncia que colocará crianças como governantes e que os opressores do seu povo serão punidos. Por fim, Deus promete que restaurará a terra e trazerá de volta a glória de Jerusalém.


Principais Pontos de Isaías 3


Isaías 3 começa com a afirmação de que Deus tirará o sustento e o apoio de Jerusalém e Judá. Ele também declara que colocará crianças como governantes em vez de homens experientes. Deus também descreve o comportamento pecaminoso do povo, dizendo que eles não confiam nele e que seu comportamento e palavras são contra o Senhor. Deus também anuncia que punirá os opressores do seu povo. Por fim, Deus promete restaurar a terra e trazer de volta a glória de Jerusalém.


FAQ sobre Isaías 3

Q: Por que Deus tirará o sustento e o apoio de Jerusalém e Judá?
A: Deus tirará o sustento e o apoio de Jerusalém e Judá como resultado do pecado do povo.

Q: Que tipo de governantes Deus colocará no lugar?
A: Deus colocará crianças como governantes no lugar de homens experientes.

Q: Quais são os pecados do povo mencionados em Isaías 3?
A: Os pecados do povo mencionados em Isaías 3 incluem não confiar em Deus e comportamento e palavras contra o Senhor.

Q: Quem Deus punirá em Isaías 3?
A: Deus punirá os opressores do seu povo em Isaías 3.

Q: Quais são as promessas de Deus em Isaías 3?
A: As promessas de Deus em Isaías 3 incluem restaurar a terra e trazer de volta a glória de Jerusalém.

Leave A Reply

Your email address will not be published.