Descubra como Jó 3 nos ensina a aceitar os desafios da vida

0

Como cristãos, somos convidados a refletir sobre a passagem bíblica de Jó 3. Nesta passagem, vemos Jó proferindo suas palavras de amaldiçoão ao seu dia de nascimento. Apesar de sua situação desesperadora, Jó nos ensina a confiar em Deus e a aceitar que a vida não é sempre fácil. É importante lembrar que, apesar do sofrimento e da dor, Deus está sempre conosco e nos ampara. Por meio desta passagem, somos lembrados de que Deus nos dá força para enfrentar os desafios que a vida nos apresenta.

Salmo Jo 3

Conteúdo

Tabela sobre Jó 3

Personagem Lição
A importância de manter a fé em Deus mesmo diante de adversidades.
Reis e conselheiros da terra A riqueza material não é tudo na vida.
Aborto oculto Todas as vidas são importantes e merecem ser valorizadas.
Miseráveis Deus dá luz e esperança a todos, independentemente da situação.

Jó 3

1 Depois disto abriu Jó a sua boca, e amaldiçoou o seu dia.

2 E Jó, falando, disse:

3 Pereça o dia em que nasci, e a noite em que se disse: Foi concebido um homem!

4 Converta-se aquele dia em trevas; e Deus, lá de cima, não tenha cuidado dele,
nem resplandeça sobre ele a luz.

5 Contaminem-no as trevas e a sombra da morte; habitem sobre ele nuvens; a
escuridão do dia o espante!

6 Quanto àquela noite, dela se apodere a escuridão; e não se regozije ela entre
os dias do ano; e não entre no número dos meses!

7 Ah! que solitária seja aquela noite, e nela não entre voz de júbilo!

8 Amaldiçoem-na aqueles que amaldiçoam o dia, que estão prontos para suscitar o
seu pranto.

9 Escureçam-se as estrelas do seu crepúsculo; que espere a luz, e não venha; e
não veja as pálpebras da alva;

10 Porque não fechou as portas do ventre; nem escondeu dos meus olhos a
canseira.

11 Por que não morri eu desde a madre? E em saindo do ventre, não expirei?

12 Por que me receberam os joelhos? E por que os peitos, para que mamasse?

13 Porque já agora jazeria e repousaria; dormiria, e então haveria repouso para
mim.

14 Com os reis e conselheiros da terra, que para si edificam casas nos lugares
assolados,

15 Ou com os príncipes que possuem ouro, que enchem as suas casas de prata,

16 Ou como aborto oculto, não existiria; como as crianças que não viram a luz.

17 Ali os maus cessam de perturbar; e ali repousam os cansados.

18 Ali os presos juntamente repousam, e não ouvem a voz do exator.

19 Ali está o pequeno e o grande, e o servo livre de seu senhor.

20 Por que se dá luz ao miserável, e vida aos amargurados de ânimo?

21 Que esperam a morte, e ela não vem; e cavam em procura dela mais do que de
tesouros ocultos;

22 Que de alegria saltam, e exultam, achando a sepultura?

23 Por que se dá luz ao homem, cujo caminho é oculto, e a quem Deus o encobriu?

24 Porque antes do meu pão vem o meu suspiro; e os meus gemidos se derramam como
água.

25 Porque aquilo que temia me sobreveio; e o que receava me aconteceu.

26 Nunca estive tranqüilo, nem sosseguei, nem repousei, mas veio sobre mim a
perturbação.

Mensagem crista Jo 3

Refletindo sobre os versículos de Jó 3

Jó expressa sua profunda tristeza e sua desilusão com o dia de seu nascimento. Ele sente que Deus o desprezou, e que a luz não pode iluminar o seu dia. Ele deseja que a noite em que nasceu seja convertida em trevas, e que não seja contada entre os dias do ano. Jó deseja que a noite seja solitária, que não tenha voz de júbilo, e que seja amaldiçoada por aqueles que amaldiçoam o dia. Ele deseja que as estrelas do seu crepúsculo escureçam, e que a luz não venha.

Jó se pergunta por que nasceu, e por que Deus o recebeu no mundo. Ele deseja que nunca tivesse saído do ventre de sua mãe, e que tivesse morrido ao nascer. Jó se pergunta por que os reis e os príncipes possuem ouro e prata, enquanto ele tem que passar por tanto sofrimento. Ele se pergunta por que se dá luz ao miserável, e por que Deus o encobriu, pois ele espera a morte e ela não vem. Ele também se pergunta por que se dá luz ao homem, cujo caminho é oculto.

Esta passagem bíblica nos ensina que, embora possamos nos sentir desesperados e desamparados, Deus nunca nos abandona. Ele nos ama e nos compreende, mesmo quando não conseguimos ver a luz no meio das trevas. Deus sabe o que estamos passando e nos dá forças para enfrentar nosso sofrimento. Ele nos ajuda a encontrar esperança e força, mesmo quando tudo parece perdido. Deus nos ama, e nosso sofrimento não é em vão.

Jó 3: O lamento de Jó

No capitulo 3 de Jó, vemos o profeta em profunda lamentação, amaldiçoando o dia em que nasceu. Ele expressa seu desejo de não ter nascido e de retornar para o ventre materno. Jó fala também de sua tristeza e solidão, desejando que o dia em que nasceu fosse esquecido para sempre. Seu lamento é profundo e sua dor é palpável.

Embora as circunstâncias que levaram Jó a esse lamento sejam desconhecidas, é possível ver como a dor e a luta podem afetar profundamente a vida de um indivíduo. Jó expressa essa experiência de maneira poética e profunda, e nos permite refletir sobre como lidar com as circunstâncias difíceis da vida.

FAQ Jó 3

Pergunta: O que Jó está lamentando?

Resposta: Jó está lamentando o dia em que nasceu e desejando não ter nascido. Ele também expressa tristeza e solidão.

Pergunta: Quais são as circunstâncias que levaram Jó a esse lamento?

Resposta: As circunstâncias que levaram Jó a esse lamento são desconhecidas.

Pergunta: O que podemos aprender com o lamento de Jó?

Resposta: Podemos aprender como a dor e a luta podem afetar profundamente a vida de um indivíduo, e como lidar com as circunstâncias difíceis da vida.

Leave A Reply

Your email address will not be published.