Transformados pela Sabedoria de Deus: Jó 40 e o Seu Poder .

0

Começando com uma oração de gratidão a Deus, queremos refletir sobre Jó 40, que nos lembra que Deus é o Senhor da sabedoria e o nosso Juiz. A passagem nos ensina que não devemos nos orgulhar de nossa sabedoria, pois é a Deus que cabe a responsabilidade de julgar. O Senhor pergunta a Jó se ele tem braços como Deus, e se pode trovejar com voz como ele. O Senhor pede a Jó que se envolva com excelência e alteza, majestade e glória, e que derrame os furores da sua ira sobre os soberbos e os humilhe. O Senhor também nos lembra que podemos ser salvo pela mão direita de Deus. Ao final, a passagem nos ensina que Deus criou o beemote como uma obra-prima, e que pode descansar em paz e segurança, pois Deus o protege. É uma passagem que nos lembra que a sabedoria vem de Deus e que Ele é o nosso Juiz.

Salmo Jo 40

Conteúdo

Tabela sobre Jó 40

Personagem Lição
Podemos aprender que a humildade é a chave para entender a sabedoria de Deus.
Deus Podemos aprender que Deus é todo-poderoso e que não devemos questionar Sua sabedoria.
Beemote Podemos aprender que todas as criaturas de Deus são obras-primas e que devemos apreciá-las.

Jó 40

1 Respondeu mais o SENHOR a Jó, dizendo:

2 Porventura o contender contra o Todo-Poderoso é sabedoria? Quem argüi assim a
Deus, responda por isso.

3 Então Jó respondeu ao Senhor, dizendo:

4 Eis que sou vil; que te responderia eu? A minha mão ponho à boca.

5 Uma vez tenho falado, e não replicarei; ou ainda duas vezes, porém não
prosseguirei.

6 Então o Senhor respondeu a Jó de um redemoinho, dizendo:

7 Cinge agora os teus lombos como homem; eu te perguntarei, e tu me explicarás.

8 Porventura também tornarás tu vão o meu juízo, ou tu me condenarás, para te
justificares?

9 Ou tens braço como Deus, ou podes trovejar com voz como ele o faz?

10 Orna-te, pois, de excelência e alteza; e veste-te de majestade e de glória.

11 Derrama os furores da tua ira, e atenta para todo o soberbo, e abate-o.

12 Olha para todo o soberbo, e humilha-o, e atropela os ímpios no seu lugar.

13 Esconde-os juntamente no pó; ata-lhes os rostos em oculto.

14 Então também eu a ti confessarei que a tua mão direita te poderá salvar.

15 Contemplas agora o beemote, que eu fiz contigo, que come a erva como o boi.

16 Eis que a sua força está nos seus lombos, e o seu poder nos músculos do seu
ventre.

17 Quando quer, move a sua cauda como cedro; os nervos das suas coxas estão
entretecidos.

18 Os seus ossos são como tubos de bronze; a sua ossada é como barras de ferro.

19 Ele é obra-prima dos caminhos de Deus; o que o fez o proveu da sua espada.

20 Em verdade os montes lhe produzem pastos, onde todos os animais do campo
folgam.

21 Deita-se debaixo das árvores sombrias, no esconderijo das canas e da lama.

22 As árvores sombrias o cobrem, com sua sombra; os salgueiros do ribeiro o
cercam.

23 Eis que um rio transborda, e ele não se apressa, confiando ainda que o Jordão
se levante até à sua boca.

24 Podê-lo-iam porventura caçar à vista de seus olhos, ou com laços lhe furar o
nariz?

Mensagem crista Jo 40

Refletindo sobre o Texto Bíblico de Jó

Versículo 1: Respondeu mais o SENHOR a Jó, dizendo:

De acordo com a Palavra de Deus, o Senhor respondeu a Jó, um homem fiel e justo, que foi posto à prova. Ele foi confrontado com uma série de perguntas e desafios, mas mesmo assim, manteve a sua fé e confiança em Deus.

Versículo 2: Porventura o contender contra o Todo-Poderoso é sabedoria? Quem argüi assim a Deus, responda por isso.

Aqui, o Senhor nos lembra que ao discutirmos com o Senhor, estamos nos colocando em uma posição de superioridade e tentando nos colocar no lugar dele. Isso é um grande erro, pois o Senhor é o único que tem o poder e a sabedoria para nos guiar. Além disso, quando questionamos o Senhor, estamos nos colocando em risco de sermos julgados por nossas ações.

Versículo 3: Então Jó respondeu ao Senhor, dizendo:

Jó reconheceu sua fraqueza diante do Senhor e reconheceu que não tinha autoridade para responder às perguntas e desafios do Senhor. Ele reconheceu que não tinha nenhuma sabedoria que pudesse competir com a do Senhor.

Versículo 4: Eis que sou vil; que te responderia eu? A minha mão ponho à boca.

Aqui, Jó está reconhecendo o seu pecado e a sua fraqueza diante do Senhor. Ele está se humilhando diante do Senhor e reconhecendo que não tem nenhuma sabedoria que possa competir com a sabedoria de Deus.

Versículo 5: Uma vez tenho falado, e não replicarei; ou ainda duas vezes, porém não prosseguirei.

Jó está reconhecendo aqui que ele não tem o direito de questionar o Senhor. Ele sabe que o Senhor é o único que tem o direito de julgar e que não tem o direito de questionar as decisões do Senhor.

Versículo 6: Então o Senhor respondeu a Jó de um redemoinho, dizendo:

Aqui, o Senhor está mostrando que a sua sabedoria é infinita e que não há nada que ele não possa fazer. Ele é o único que tem o poder de julgar e não deve ser questionado.

Versículos 7-14: Cinge agora os teus lombos como homem; eu te perguntarei, e tu me explicarás. Porventura também tornarás tu vão o meu juízo, ou tu me condenarás, para te justificares? Ou tens braço como Deus, ou podes trovejar com voz como ele o faz? Orna-te, pois, de excelência e alteza; e veste-te de majestade e de glória. Derrama os furores da tua ira, e atenta para todo o soberbo, e abate-o. Olha para todo o soberbo, e humilha-o, e atropela os ímpios no seu lugar. Esconde-os juntamente no pó; ata-lhes os rostos em oculto.

Neste trecho, o Senhor está nos lembrando que somos limitados e que não temos o poder de julgar. Ele nos ensina que devemos nos humilhar diante dele e reconhecer que somos pecadores. Ele nos ensina que devemos nos submeter à sua vontade e não questionar suas decisões.

Versículos 15-24: Contemplas agora o beemote, que eu fiz contigo, que come a erva como o boi. Eis que a sua força está nos seus lombos, e o seu poder nos músculos do seu ventre. Quando quer, move a sua cauda como cedro; os nervos das suas coxas estão entretecidos. Os seus ossos são como tubos de bronze; a sua ossada é como barras de ferro. Ele é obra-prima dos caminhos de Deus; o que o fez o proveu da sua espada. Em verdade os montes lhe produzem pastos, onde todos os animais do campo folgam. Deita-se debaixo das árvores sombrias, no esconderijo das canas e da lama. As árvores sombrias o cobrem, com sua sombra; os salgueiros do ribeiro o cercam. Eis que um rio transborda, e ele não se apressa, confiando ainda que o Jordão se levante até à sua boca. Podê-lo-iam porventura caçar à vista de seus olhos, ou com laços lhe furar o nariz?

Neste trecho, o Senhor nos mostra que Ele é o único que tem o poder de criar e controlar todas as coisas. Ele nos mostra que é fácil para Ele controlar e manipular os animais, e que eles não

O que é Jó 40?

Jó 40 é o quarenta capítulo do livro de Jó, um livro bíblico da Bíblia. O capítulo contém muitos ensinamentos, e trata da sabedoria de Deus e de como responder a Deus quando perguntado.

O que trata o capítulo de Jó 40?

O capítulo de Jó 40 trata sobre a sabedoria de Deus e como responder a Deus quando perguntado. O capítulo mostra como Deus perguntou a Jó sobre vários assuntos e como Jó respondeu. O capítulo também contém a descrição de um grande monstro chamado Beemote, que Deus criou para mostrar a Jó o poder de Deus.

O que aprendemos com Jó 40?

O capítulo de Jó 40 nos ensina sobre a sabedoria de Deus e como responder a Deus quando perguntado. Ao ler o capítulo, aprendemos que devemos ter humildade diante de Deus e que devemos reconhecer que Deus é soberano e que é bom, justo e sábio. Também vemos a importância de reconhecermos a grandeza de Deus e de que Ele é quem nos criou e nos governa.

FAQ sobre Jó 40

O que é Jó 40?

Jó 40 é o quarenta capítulo do livro de Jó, um livro bíblico da Bíblia.

O que trata o capítulo de Jó 40?

O capítulo de Jó 40 trata sobre a sabedoria de Deus e como responder a Deus quando perguntado. O capítulo mostra como Deus perguntou a Jó sobre vários assuntos e como Jó respondeu. O capítulo também contém a descrição de um grande monstro chamado Beemote, que Deus criou para mostrar a Jó o poder de Deus.

O que aprendemos com Jó 40?

Aprendemos sobre a sabedoria de Deus e como responder a Deus quando perguntado. Ao ler o capítulo, aprendemos que devemos ter humildade diante de Deus e que devemos reconhecer que Deus é soberano e que é bom, justo e sábio. Também vemos a importância de reconhecermos a grandeza de Deus e de que Ele é quem nos criou e nos governa.

Leave A Reply

Your email address will not be published.