Novena De Nossa Senhora Do Perpétuo Socorro

0

Nossa Senhora do Perpétuo Socorro é uma das qualidades marianas que possui mais devotos ao redor do mundo, contudo, poucas pessoas sabem sua origem. Vejamos agora como começou essa devoção e como realizar a novena em honra da Virgem do Perpétuo Socorro.

Qual a história de Nossa Senhora Do Perpétuo Socorro?

A história de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro é peculiar, para dizer o mínimo. Esta devoção a uma das qualidades marianas surgiu a partir do ícone pintado, que, segundo algumas fontes, trata-se de uma cópia do ícone original pintado pelo próprio São Lucas.

Qual a história de Nossa Senhora Do Perpétuo Socorro?
Historia. Fonte/Reprodução: original.

A imagem mostra Maria, que tem sobre sua cabeça uma coroa e em seu colo o menino Jesus. Os anjos ao redor de Maria, Miguel e Gabriel, trazem consigo os elementos da paixão de Nosso Senhor, razão pelo qual ele se assusta e se agarra em sua mãe, que com olhar compassivo, conforta-o.

O título de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro foi dado a Santa Maria pelos próprios cristãos, graças a sua fama de sempre ajudar aqueles que a ela recorriam, como toda boa mãe sempre socorre a seu filho em momentos de necessidade.

Acredita-se que o ícone tenha sido pintado por São Lázaro, o pintor, para o monastério em que vivia em Creta, na Grécia. Ele foi roubado de lá no século XV, por um comerciante que pretendia vendê-lo em Roma. 

Entretanto, uma sucessão de desgraças se abateu sobre o ladrão que, ao ter já chegado em Roma e adoecido, arrependeu-se e contou a um amigo sobre o ocorrido, e pediu-lhe que devolvesse o ícone a uma igreja, mas, a esposa do comerciante não permitiu.

Quando ele faleceu, contudo, conta-se que a filha de seis anos do casal teve uma visão de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, que lhe pediu para que a imagem fosse devolvido a uma igreja, e assim foi feito, pois em 27 de março de 1499, a imagem foi levada até a Igreja de São Mateus, onde permaneceu por mais de duzentos anos.

Esquecimento e reencontro de Nossa Senhora Do Perpétuo Socorro

No século XVIII, um infortúnio ocorreu: Roma foi invadida e a Igreja de São Mateus demolida nesse processo. Os monges responsáveis pela tutela do ícone ocultaram a imagem, e por trinta anos ela esteve desaparecida.

Esquecimento e reencontro de Nossa Senhora Do Perpétuo Socorro
Esquecimento. Fonte/Reprodução: original.

No seu leito de morte, um monge que era muito devoto a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro contou a história do ícone a um coroinha, que posteriormente veio a tornar-se um padre redentorista.

Este mesmo padre ajudou reencontrar o ícone, e quando os redentoristas compraram um terreno para ali construir a Casa Mãe de sua congregação, ele levou o ícone para lá.

Devoção a Nossa Senhora Do Perpétuo Socorro

No ano de 1866 a tutela da imagem foi oficialmente dada aos redentoristas, com a instrução de tornar aquela devoção conhecida por todos. Eles fizeram muitas cópias e espalharam a devoção pelo mundo.

Após isto, Nossa Senhora do Perpétuo Socorro tornou-se oficialmente a padroeira dos redentoristas, e após sua restauração, foi devolvida a Igreja de Santo Afonso. Sua festa é comemorada no dia 27 de junho.

Oração a Nossa Senhora Do Perpétuo Socorro

Vejamos agora uma oração devocional a Virgem do Perpétuo Socorro.

“Ó mãe do Perpétuo Socorro, nós vos suplicamos, com toda a força de nosso coração, amparar a cada um de nós em vosso colo materno, nos momentos de insegurança e sofrimento. Que o vosso olhar esteja sempre atento para não nos deixar cair em tentação. Que em vosso silêncio aprendamos a aquietar nosso coração e fazer a vontade do Pai. Intercedei junto ao Pai pela paz no mundo e em nossas famílias. Abençoai todos os vossos filhos e filhas enfermos. Iluminai nossos governantes e representantes, para que sejam sempre servidores do povo de Deus.

Concedei-nos ainda muitas e santas vocações religiosas, sacerdotais e missionárias, para a maior difusão do reino de filho Jesus Cristo. Enfim derramai nos corações de vossos filhos e filhas a Vossa Benção de amor e misericórdia.

Sede sempre o nosso Perpétuo Socorro na vida e principalmente na hora da nossa morte. Amém.”

Agora, vejamos como realizar uma novena em honra da Virgem do Perpétuo Socorro.

Novena a Oração a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro

Esta novena é especialmente eficiente para lidar com as angústias e anseios do coração, e como toda novena, ela tem uma forma específica de ser executada e alguns passos de preparação.

  • Tirar um momento do dia para reflexão e oração;
  • Realizar o pedido com fé e devoção;
  • Rezar a oração apropriada para cada dia;
  • Realizar um Pai Nosso e três Ave Maria;
  • Praticar uma boa ação em todos os dias da novena.

Lembre-se também que é importante fazer o sinal da cruz ao início da novena e também em seu fim.

Primeiro dia

Assim reza-se o primeiro dia da novena:

“Eis a tua mãe” (Jo 19,27)

Bondosa Mãe do Perpétuo Socorro, que experimentastes a angústia da vida, acolhei o meu pedido. Sois Mãe e tendes o desejo de socorrer a todos, aqui está alguém que é pecador, mas que recorre a vós.

Boa obra: dar esmola a um pobre.

Vejamos agora como rezar o segundo dia da novena.

Segundo dia

A oração do segundo dia da novena é a seguinte:

“[…] meu espírito se alegra em Deus […]” (Lc 1,47)

Mãe do Perpétuo Socorro, ajudai-me a ser de Deus. Tudo passa como vento, Deus permanece. Quero ser d’Ele e, por isso, vos suplico: socorrei-me nessa vida, ajudai-me a não perder Deus nos sofrimentos e necessidades. Bondosa Mãe, aumentai a minha fé e confiança, socorrei-me com vosso amor.

Boa obra: em casa, fazer o trabalho com amor.

Vejamos agora como rezar o terceiro dia da novena.

Terceiro dia

Assim reza-se o terceiro dia da novena:

“[…] seja feita a tua vontade […]” (Mt 6,10)

Bondosa Mãe, Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, compreendestes e sempre fizestes o que Deus queria, afastai de mim a dureza do coração, o orgulho e o egoísmo. Ajudai-me, bondosa Mãe, a seguir a vontade de Deus e concedei-me a graça que vos peço.

Boa obra: antes de dormir, agradecer a Deus por tudo o que aconteceu no dia.

Confira agora como rezar o quarto dia da novena.

Quarto dia

Oração do quarto dia da novena:

“[…] foi a mim que o fizestes!” (Mt 25,40)

Mãe de Jesus e minha mãe, dai-me um coração generoso para ajudar o próximo e misericordioso para perdoar sempre. Dai-me um coração humilde e manso para suportar suas fraquezas. Jesus disse que faço a Ele o que faço aos outros, por isso, ajudai-me a melhor amar Deus e meus irmãos. Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, socorrei-me na graça que vos peço.

Boa obra: dar algo ao pobre.

Saiba como rezar o quinto dia da novena.

Quinto dia

Assim reza-se o quinto dia da novena:

“[…] eu estou ali, no meio deles.” (Mt 18,20)

Bondosa Mãe, como vivestes com Jesus e José em casa? Concedei-me amar meus irmãos e aceitar cada um no seu jeito de ser. Dai-nos a paz, compreensão, bondade e alegria para que o Espírito de Jesus permaneça conosco. Bondosa Mãe, pedi a Ele por nós.

Boa obra: visitar alguém doente.

Aprenda como rezar o sexto dia da novena.

Sexto dia

No sexto dia da novena rezamos:

“Vinde a mim, […] e eu vos darei descanso.” (Mt 11,28)

Pode a mãe esquecer seu filho? Sei, ó Maria, que não nos esqueceis, mas tenho medo de me esquecer de vós. Peço-vos nunca perder Deus nem a fé, e sempre confiar em vós. Ó Maria, feliz de quem vos conhece e a vós recorre como o filho a sua Mãe. Ajudai-me em minha prece.

Boa obra: ir a uma igreja e rezar por alguém.

A seguir, veja como rezar o sétimo dia da novena.

Sétimo dia

No sétimo dia da novena rezamos o seguinte:

“Faça-se em mim segundo a tua palavra.” (Lc 1,38)

Maria, sempre fizestes tudo o que Deus vos pediu. Para que eu também seja assim, ajudai-me a ouvir a Palavra de Deus, a meditar, a ouvir o que Jesus ensinou. Atendei meu pedido nesta novena e não deixai que fique acomodado na vida.

Boa obra: ler Lc 1,39-56.

Confira a oração do oitavo dia da novena.

Oitavo dia

Assim reza-se o oitavo dia da novena:

“[…] olhou para a humildade de sua serva.” (Lc 1,48)

Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, quantas vezes me torno orgulhoso, vaidoso, confiante nas coisas que passam! Tudo isso pode ocupar o lugar de Deus em meu coração. Maria, livrai-me desta tentação de trocar Deus pelas coisas da terra e descuidar da casa d’Ele em mim. Bondosa Mãe, socorrei-me com a graça de Jesus.

Boa obra: ouvir e conversar, bondosamente, com um idoso ou uma pessoa difícil.

Por último, como rezar o último dia da novena.

Nono dia

Assim reza-se o último dia da novena:

“Maria, porém, guardava todas as coisas, meditando-as no seu coração” (Lc 2,19). Quantas vezes, ó Maria, meu coração fica triste, atribulado, cheio de dúvidas e angustiado. Isso acontece, porque não me recolho no silêncio da oração nem procuro ver o que Deus quer de mim. Não sei escutar o Senhor. Maria, peço-vos a graça de acreditar que Deus me ama sempre, mesmo na dor.

Boa obra: passar o dia alegre e não se aborrecer.

Esta é a forma adequada de realizar a novena para a Virgem do Perpétuo Socorro.

Esperamos que este texto tinha sido útil para aprofundar sua devoção. Reze a novena com fé, e com toda certeza, Nossa Senhora do Perpétuo Socorro há de ajudá-lo!

Leave A Reply

Your email address will not be published.