Quais são as consequências de não ter passado pelo batismo?

1

O batismo é o primeiro sacramento cristão e aquele mais importante e que é aplicado universalmente a todos, mas quais seriam as consequências de não receber o sacramento do batismo? Entender esse aspecto tão fundamental da fé cristã é obrigação de todo católico. 

Então se você quer esclarecer essas e outras perguntas continue em nosso artigo e aprenda inúmeras características sobre o batismo e as consequência de não tê-lo. 

Conteúdo

Para que serve o Batismo?

O batismo é o primeiro sacramento que um cristão recebe, tanto que é uma contradição em termos alguém se dizer cristão sem ser batizado. Esse sacramento é tão importante que foi instituído por Cristo, mas sua prática já era anterior ao ministério do próprio Cristo, sendo praticado pelo profeta São João Batista. 

Para que serve o Batismo?
Qual a finalidade. Fonte/Reprodução: original.

Esse sacramento serve para apagar a culpa dos pecados, elegendo assim a alma que recebeu o batismo à salvação proposta pelo Cristo. Sem ele, em teoria, a alma está ainda sob as condições impostas pelo pecado, se tornando assim impossível de receber a ação salvífica de Cristo. 

Mas aqui vale um aviso. A alma que recebeu o batismo se livra da culpa do pecado mas não de suas consequências, seja essa consequência imposta do alto por Deus ou pelos homens. Sendo assim você ainda pode ser julgado por seus atos.

Qual a idade para passar pelo batismo?

A Igreja Católica batiza seus fiéis logo nos primeiros dias de vida, na verdade recomenda que assim seja feita pelos pais fiéis aos seus filhos. Assim logo nos primeiros dias e meses de vida aquela criança já tem apagada as culpa de seus pecados. 

Há quem levanta a questão de como as culpa dos pecados de uma criança, sem pecado ainda, seriam apagadas. Ora, essa questão trata o batismo como uma espécie de borracha quantificável que apaga os pecados realizados em determinado tempo na vida. 

Mas não é assim. As culpa apagadas pelo batismo estão ligadas à natureza humana de forma geral, ligadas aquilo que na teologia católica leva o nome de “pecado original”. Assim sendo, é  essa culpa comum a todos os homens que é apagada pelo batismo, e não a culpa particular de cada pecado. Pois, repetindo, as consequências desses pecados particulares não são apagadas pelo batismo. Seja consequências materiais ou espirituais. 

Por que precisamos passar pelo batismo?

O Cristo verdadeiramente morreu pelo gênero humano e assim abriu a possibilidade de nossa culpa ser retirada do pecado, tornando possível que adentramos o céu em nossa morte. 

Mas para essa possibilidade se efetivar nós necessitamos do batismo, pois só assim é confirmada essa possibilidade aberta pelo Cristo. Somente após o batismo uma alma está livre de toda culpa do pecado. 

Como devemos ser batizados?

Muitas pessoas não sabem, mas muita coisa relacionada ao batismo são apenas formalidades da Igreja que devem sim ser respeitadas, mas em um momento de extrema urgência podem ser deixadas de lado. 

Aquilo que é absolutamente necessário ao batismo é: água e alguém que te batiza dizendo as palavras “eu o batizo em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo”. Essa pessoa nem ao menos precisa ser batizada ou acreditar no que está fazendo. 

Isso só reforça o caráter necessário do sacramento e porque há consequências se não passarmos por ele. 

Quem deve ser batizado?

O batismo a rigor deveria ser algo universal, necessário a todas as pessoas. Dadas as diferenças religiosas dentro da humanidade devemos dizer que o batismo é necessário apenas aqueles que se dizem cristãos e que comungam da fé no Cristo Jesus. 

Quais são as consequências de não ter passado pelo batismo?

Mas então quais as consequências reais de não passar pelo batismo? Aqui temos um ponto nebuloso da fé e que de fato não há nenhuma posição definitiva. O fato é: não sabemos exatamente. 

Sabemos que o batismo é necessário para que uma pessoa alcance o céu. Porém isso quer dizer que todo não batizado vai para o inferno? Não necessariamente. Em primeiro lugar há cristãos de corpo e alma no céu, e há casos de pessoas bem aventuradas que foram batizadas pelo próprio Cristo (e que depois receberam o batismo formal para participar da congregação humana). 

Então será que pessoas que morrem sem o batismo podem passar por um batismo pós morte ou serem batizadas indiretamente por Cristo? É uma possibilidade. Mas aqui é bom deixar claro que um não batizado não só corre risco do inferno como não pode participar de nenhum outro sacramento. Mas sobre o pós morte dos não batizados só resta rezarmos e termos fé e esperança da piedade e misericórdia de Deus por essas almas. 

1 Comment
  1. […] evangélicos se reuniram na manhã desta terça-feira (1º), feriado do Dia do Trabalhador, para participar do Batismo do Centenário, evento que faz parte das comemorações dos 100 anos da Igreja Evangélica […]

Leave A Reply

Your email address will not be published.