Romanos 8- Jesus nos justifica

0

Romanos 8 é um dos capítulos da bíblia que se tornou o favorito para os que desejam uma chance para mudar de vida , pois por meio dele é possível apregoar a justificação e transformação em nova criatura por meio da fé em Cristo.

Se você é alguém que pelo menos uma vez na vida, desejou ser outra pessoa, precisa nos acompanhar nesse texto, para entender como isso é possível.

Romanos 8- Jesus nos justifica

Se deseja se deliciar com as palavras registradas pelo Apostolo Paulo ao Romanos, fique conosco no Reino de Deus e encontre o caminho da verdade!

Romanos 8 – Quando foi escrito

De acordo com  Romanos 1:1 o apóstolo Paulo como o autor do livro de Romanos. Se ler em Romanos 16:22 verá que Paulo usou um homem chamado Tércio para que registrasse suas palavras.

Esse maravilhoso livro foi escrito possivelmente entre 56-58 Depois de Cristo.

Versículos-chave em Romanos 8:

  • Romanos 8:9:  “Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se, de fato, o Espírito de Deus habita em vós. E, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele.”
  • Romanos 8:28: “Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito.”
  • Romanos 8:37-39: “Em todas estas coisas, porém, somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou…

Existe uma certa expectativa de que a carta aos Romanos tenha sido elaborada em Corinto, bem antes da viagem realizada por Paulo a Jerusalém, momento no qual iria entregar as ofertas que haviam sido dadas para os pobres de lá.

A intenção do Apóstolo, seria ir a Roma e depois a Espanha (Romanos 15:24), contudo, seus planos não foram concluídos, pois foi preso em Jerusalém.

Sua estadia em Roma se daria como prisioneiro e não como um líder. Acredita-se que foi Febe, um membro da igreja que havia em Cencreia perto de Corinto, descrito no livro de Romanos 16:1, que tenha sido a pessoa, a qual provavelmente levou a carta de Paulo para Roma.

De se trata o livro de Romanos 8

O livro de Romanos é conhecido como um trabalho de doutrina e pode ser dividido em quatro seções:

  1. a justiça necessária, 1:18-3:20;
  2. a justiça providenciada, 3:21-8:39;
  3. a justiça vindicada, 9:1-11:36;
  4. a justiça praticada, 12:1-15:13.

O livro de Romanos nos diz sobre Deus, quem Ele é e o que tem feito. Ele nos fala de Jesus Cristo, o que sua morte alcançou. Ele nos diz sobre nós mesmos, o que éramos sem Cristo e quem somos depois de termos confiado em Cristo.

Paulo recorda que Deus não exige que os homens endireitem suas vidas antes de virem a Cristo. Enquanto éramos ainda pecadores, Cristo morreu na cruz por nossos pecados ( Fonte).

Uma ilustração com Romanos 8:1

Certo juiz havia de realizar um julgamento. Ele sabia que embora a transgressão cometida pudesse ser perdoada, pois havia provas que justificavam a atitude do réu, contudo, o juiz não nutria simpatia pelo indivíduo e desejava condená-lo a qualquer custo

Com grande astúcia, planejou realizar o julgamento de forma diferenciada.

Decidiu:

 – Irei escrever a decisão com respeito ao julgamento desse réu em dois papéis, e oferecerei a ele a oportunidade de escolher sua sentença!

E assim o juiz fez! Mas, nos dois papeis, o juiz colocou apenas a opção: “condenado e condenado”. No dia do julgamento, após o júri ter se posicionado com respeito a sentença ou absorção do réu, o juiz chamou a frente o rapaz e ordenou:

– Deixarei você mesmo decidir qual será sua sentença! Em minha mão tem dois papéis, e neles está escrito a decisão, então, venha e escolha um deles, o papel que escolher será sua sentença!

O réu olhando firmemente para o juiz, pegou um dos papéis e rapidamente o engoliu antes que alguém pudesse dizer alguma coisa.

O juiz sem entender ainda, perguntou ao réu:

– Como assim? Por que engoliu o papel? E agora, como saberá sua sentença?

Sem pensar muito o réu respondeu:

– Excelência, em suas mãos haviam dois papéis, se engoli minha condenação, por certo o papel que está em suas mãos deve estar escrito liberdade! Caso contrário, foi ela que engoli!

Sem palavras, o juiz que se achava esperto, ao saber que não teria como voltar atrás, libertou aquele réu, pois em suas mãos estava o papel escrito “Condenado”.

A inteligência desse réu mostra que não pode haver condenação quando Jesus é quem nos justifica, rasgando a cédula do pecado, ele nos faz livres!

Romanos 8

Leia Romanos 8 de 1 a 11

Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito.
Porque a lei do Espírito de vida, em Cristo Jesus, me livrou da lei do pecado e da morte.


Porquanto o que era impossível à lei, visto como estava enferma pela carne, Deus, enviando o seu Filho em semelhança da carne do pecado, pelo pecado condenou o pecado na carne;


Para que a justiça da lei se cumprisse em nós, que não andamos segundo a carne, mas segundo o Espírito.


Porque os que são segundo a carne inclinam-se para as coisas da carne; mas os que são segundo o Espírito para as coisas do Espírito.

Porque a inclinação da carne é morte; mas a inclinação do Espírito é vida e paz.


Porquanto a inclinação da carne é inimizade contra Deus, pois não é sujeita à lei de Deus, nem, em verdade, o pode ser.


Portanto, os que estão na carne não podem agradar a Deus.
Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se é que o Espírito de Deus habita em vós. Mas, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele.


E, se Cristo está em vós, o corpo, na verdade, está morto por causa do pecado, mas o espírito vive por causa da justiça.

E, se o Espírito daquele que dentre os mortos ressuscitou a Jesus habita em vós, aquele que dentre os mortos ressuscitou a Cristo também vivificará os vossos corpos mortais, pelo seu Espírito que em vós habita.

Romanos 8 de 12 a 24

De maneira que, irmãos, somos devedores, não à carne para viver segundo a carne.

Porque, se viverdes segundo a carne, morrereis; mas, se pelo Espírito mortificardes as obras do corpo, vivereis.

Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus esses são filhos de Deus.

Porque não recebestes o espírito de escravidão, para outra vez estardes em temor, mas recebestes o Espírito de adoção de filhos, pelo qual clamamos: Aba, Pai.

O mesmo Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus.
E, se nós somos filhos, somos logo herdeiros também, herdeiros de Deus, e co-herdeiros de Cristo: se é certo que com ele padecemos, para que também com ele sejamos glorificados.

Porque para mim tenho por certo que as aflições deste tempo presente não são para comparar com a glória que em nós há de ser revelada.
Porque a ardente expectação da criatura espera a manifestação dos filhos de Deus.

Porque a criação ficou sujeita à vaidade, não por sua vontade, mas por causa do que a sujeitou,

Na esperança de que também a mesma criatura será libertada da servidão da corrupção, para a liberdade da glória dos filhos de Deus.

Porque sabemos que toda a criação geme e está juntamente com dores de parto até agora.

E não só ela, mas nós mesmos, que temos as primícias do Espírito, também gememos em nós mesmos, esperando a adoção, a saber, a redenção do nosso corpo.


Porque em esperança fomos salvos. Ora a esperança que se vê não é esperança; porque o que alguém vê como o espera

Romanos 8- Jesus nos justifica

Romanos  8 de 25 a34

Mas, se esperamos o que não vemos, com paciência o esperamos.
E da mesma maneira também o Espírito ajuda as nossas fraquezas; porque não sabemos o que havemos de pedir como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis.


E aquele que examina os corações sabe qual é a intenção do Espírito; e é ele que segundo Deus intercede pelos santos.

E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito


Porque os que dantes conheceu também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos.

E aos que predestinou a estes também chamou; e aos que chamou a estes também justificou; e aos que justificou a estes também glorificou.
Que diremos, pois, a estas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós?

Aquele que nem mesmo a seu próprio Filho poupou, antes o entregou por todos nós, como nos não dará também com ele todas as coisas?
Quem intentará acusação contra os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica.

Justificação – Romanos 8

Quem é que condena? Pois é Cristo quem morreu, ou antes quem ressuscitou dentre os mortos, o qual está à direita de Deus, e também intercede por nós.

Romanos 8:34

Romanos  8 de 35 a 39

Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação, ou a angústia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nudez, ou o perigo, ou a espada?

Como está escrito:Por amor de ti somos entregues à morte todo o dia;Somos reputados como ovelhas para o matadouro.
Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou.

Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir,

Nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor.

Romano 8 – Vivendo um grande amor

Muitas pessoas ficam assustadas de verem a transformação que acontece em uma vida quando ela se entrega de verdade ao Senhor Jesus por meio da fé.

Todo o peso do pecado é tirado e ela se sente como uma nova criatura, pronta a fazer o bem e praticar o que é reto, pois Jesus passa a ser seu amigo, companheiro e professor!

Fim

Se você quer entender algum verso específico de Romanos 8, nos envie sua mensagem. Estaremos aguardando seu contato, para junto nos alegrarmos perante a boa Palavra do Senhor!

 Temos outros textos no Reino de Deus que podem servir para sua edificação, caso queira ler mais conteúdos como esse!

Sem mais delongas, um abraço e até breve!


Leave A Reply

Your email address will not be published.