salmo 103

Salmo 103 diz: "Bendize, ó minha alma, ao Senhor”... buscando a glorificação a Deus, no inicio e termino do Salmo. Em um hino escrito por Davi, ele não aponta para  um contexto histórico específico, mas, sua ênfase está na compaixão e misericórdia de Deus em perdoar os pecados.

Salmo 103 diz: “Bendize, ó minha alma, ao Senhor”… buscando a glorificação a Deus, no inicio e termino do Salmo. Em um hino escrito por Davi, ele não aponta para  um contexto histórico específico, mas, sua ênfase está na compaixão e misericórdia de Deus em perdoar os pecados.

Davi oferece louvor a Deus com todo o seu ser, destacando todos os atributos de Deus que ele conhece: “Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e tudo o que há em mim bendiga ao seu santo nome. Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e não te esqueças de nem um só dos seus benefícios”(versos 1 e 2).

Leia o Salmo 103

Bendize, ó minha alma, ao SENHOR, e tudo o que há em mim bendiga o seu santo nome.
Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e não te esqueças de nenhum de seus benefícios.

Ele é o que perdoa todas as tuas iniquidades, que sara todas as tuas enfermidades,
Que redime a tua vida da perdição; que te coroa de benignidade e de misericórdia,

Que farta a tua boca de bens, de sorte que a tua mocidade se renova como a da águia.
O Senhor faz justiça e juízo a todos os oprimidos.

Fez conhecidos os seus caminhos a Moisés, e os seus feitos aos filhos de Israel.
Misericordioso e piedoso é o Senhor; longânimo e grande em benignidade.

Não reprovará perpetuamente, nem para sempre reterá a sua ira.
Não nos tratou segundo os nossos pecados, nem nos recompensou segundo as nossas iniquidades.

Pois assim como o céu está elevado acima da terra, assim é grande a sua misericórdia para com os que o temem.

O Senhor afasta nossas iniquidades

Assim como está longe o oriente do ocidente, assim afasta de nós as nossas transgressões.
Assim como um pai se compadece de seus filhos, assim o Senhor se compadece daqueles que o temem.

Pois ele conhece a nossa estrutura; lembra-se de que somos pó.
Quanto ao homem, os seus dias são como a erva, como a flor do campo assim floresce.
Passando por ela o vento, logo se vai, e o seu lugar não será mais conhecido.

Mas a misericórdia do Senhor é desde a eternidade e até a eternidade sobre aqueles que o temem, e a sua justiça sobre os filhos dos filhos;

Sobre aqueles que guardam a sua aliança, e sobre os que se lembram dos seus mandamentos para os cumprir.

O Senhor tem estabelecido o seu trono nos céus, e o seu reino domina sobre tudo.
Bendizei ao Senhor, todos os seus anjos, vós que excedeis em força, que guardais os seus mandamentos, obedecendo à voz da sua palavra.

Bendizei ao Senhor, todos os seus exércitos, vós ministros seus, que executais o seu beneplácito.

Bendizei ao Senhor, todas as suas obras, em todos os lugares do seu domínio; bendize, ó minha alma, ao Senhor.

Salmos 103:5-22

Por quem o Salmo 103 era cantado

O salmo 103 era cantado por Davi, pelos Levitas dos tempos antigos. Hoje ainda é cantado pelos Cristãos e judeus em todo o mundo, embora em versões diferentes. Veja portanto, um exemplo na voz da cantora Suzete Amaral, em uma linda versão do salmo 103

Vede o Salmo 103 em vídeo – Narrado na voz de Cid Moreira

Breve estudo sobre o Salmo 103

Deus é magnifico, portanto deve ser glorificado!

Analise e mensagem do Salmo 103

A totalidade do homem se dedica a adoração da totalidade de Deus! Portanto, Bendizei ao Senhor!

Os cânticos relatados no hinário de Israel tratam de diversos motivos para adorar a Deus. Um tema frequente é o foco do Salmo 103: a misericórdia do Deus que perdoa os pecados dos homens.

Davi descreve as obras de Deus com vários termos que refletem sua compaixão para com os pecadores. O Senhor perdoa as iniquidades e sara as enfermidades (verso 3). Ele redime a vida e estende graça e misericórdia (verso 4). Deus é misericordioso, compassivo, longânimo e benigno (verso 8).

A grandeza de Deus é evidente no que ele faz, e igualmente visível no que ele não faz: “Não repreende perpetuamente, nem conserva para sempre a sua ira. Não nos trata segundo os nossos pecados, nem nos retribui consoante as nossas iniquidades”(versos 9 e 10).

Davi frisa a diferença entre o homem e seu Criador com ênfase no contraste entre temporário e eterno. Os dias do homem se comparam às plantas que florescem e somem (versos 15 e 16), mas a misericórdia de Deus, como o próprio Senhor, é de eternidade a eternidade (verso 17). ( Fonte: Estudos Bíblicos)

Como trabalhar o Salmo 103 na escola com Crianças e adolescentes

  1. Peça para os alunos escreverem em seu caderno, todas as coisas boas que já pediram a Deus e alcançaram
  2. Comente com eles se já agradeceram a Deus pelo o que receberam, e até pelo ar que respiram.
  3. Fale com eles sobre importância da gratidão, e de não esquecerem de agradecer, tanto a Deus, quanto também as pessoas que te auxiliam.
  4. Ser agradecido é uma virtude.
  5. Peça que façam um lindo desenho e ofereçam a alguém que seja muito importante para eles, como forma de agradecimento.

Fim

Foi importante para você o estudo sobre o Salmo 103? Devemos dar a Deus o louvor que lhe é devido. Se você gostou desse salmo, deixe seu comentário, ou então compartilhe com amigos. Venha conhecer outros salmos e mais materiais aqui da Demonstre. Temos muita coisa interessante para compartilhar com você, portanto, aproveite!

Um abraço e até breve!

Sobre

Besoul is fascinating about clothes, happy living and beauty! We want you to share our interests and find something you might love from your heart. We regularly post news and blogs to make you happy!
© 2019 Site feito pelo grupo B20.