salmo 133

Salmo 133 é conhecido como o salmo da união! Pequeno no tamanho e grande na mensagem. Ele diz muito sobre a alegria envolvida, quando existe uma união verdadeira entre amigos e irmãos. Esse salmo compara a alegria da unidade com o óleo precioso, que representa benção.Portanto,vamos nos alegrar e celebrar!

Salmo 133 é conhecido como o salmo da união! Pequeno no tamanho e grande na mensagem. Ele diz muito sobre a alegria envolvida, quando existe uma união verdadeira entre amigos e irmãos.

Esse salmo compara a alegria da unidade com o óleo precioso, que representa benção.Portanto,vamos nos alegrar e celebrar!

Leia o salmo 133

Oh! quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união.
É como o óleo precioso sobre a cabeça, que desce sobre a barba, a barba de Arão, e que desce à orla das suas vestes.

Como o orvalho de Hermom, e como o que desce sobre os montes de Sião, porque ali o Senhor ordena a bênção e a vida para sempre.

Salmos 133:1-3

Por quem o Salmo 133 era cantado

O salmo da união, era cantado por Davi, os levitas e judeus da antiguidade. Hoje, entretanto, ele é cantado por judeus e Cristãos em todo mundo. Confira abaixo uma versão atual do salmo 133.

https://youtube.com/watch?v=h2UcNrCxGTo

Vede o Salmo 133 em vídeo – Narrado na voz de Cid Moreira

O maravilhoso salmo 133 na abençoada voz de Cid Moreira, edificando os corações

https://youtube.com/watch?v=5zda9gjEF9Q

Breve estudo sobre o Salmo 133

O salmo 133 em exposição pelo dr. e pastor Nicodemos Lopes, traz um aprendizado sobre a união entre irmãos, portanto, o melhor a fazer é vivermos unidos.

https://youtube.com/watch?v=vn9mxXtE400

Analise e mensagem do Salmo 133

Este salmo davídico se volta para importância da comunhão e do relacionamento adequado na comunidade. Este salmo também é muito cantado nos dias de hoje pelos judeus em Jerusalém. Com vimos acima, esse salmo é pós-exílico, ou seja, foi escrito depois do cativeiro babilônico, que durou de 586 a.C. até 539 a.C.

Há uma combinação estranha nesse salmo, pois sabemos que óleo e orvalho não se misturam! Que relação esses elementos têm a ver com a união fraternal? O verso dois descreve que esse “viver em união” deve ser como o óleo precioso derramado desde a cabeça, e que desce sobre a barba de Arão até a gola de suas veste.

Isto se trata de uma referência à consagração do sacerdote.  O óleo deveria descer sobre toda a sua veste sacerdotal. Portanto, entendemos que a consagração deve ser plena e absoluta.

A ideia que o texto pretende transmitir é a seguinte: a união entre os irmãos deve ter relacionamento, santidade e santificação. Não pode haver uma verdadeira união sem santidade perante Deus. E essa santificação deve produzir um ambiente de confraternização entre os irmãos, portanto, vamos nos unir.

O amor não tem idade

O importante matemático e filósofo cristão francês Blaise Pascal disse que “o amor não tem idade: está sempre nascendo”.     

O Salmo 133 diz também que a união fraternal é como o orvalho do monte Hermom quando desce sobre os montes de Sião. O monte Hermom está situado numa região muito marcada pela humidade por ser cheia de água. Isso faz um contraste com as regiões desérticas do Sul da Palestina.

Portanto, a região do Hermom é marcada pela prosperidade e por frutificação. Logo, a união que Deus deseja é acompanhada pela benção da santificação, da prosperidade e da frutificação que Deus concede a partir dos montes de Sião (ver. 3).

O importante é que o Senhor é quem sustenta isso. É uma benção completa para todos nós.

O Salmo 133 expressa os segredos do avivamento e da efusão do Espírito Santo, que é o resultado da união dos filhos de Deus. O óleo (verso 2) e o orvalho (versículo 3) referido no Salmo 133 representa a presença do Espírito Santo no meio de Sua Igreja.

É a presença do Senhor no corpo de Cristo que traz a unidade no coração do homem. O fato de que o óleo escorre da cabeça para as vestes simboliza o fato de que, quando a liderança é ungida em primeiro lugar, eles são capazes de transmitir esta unção ao povo.

Autoria: Samuel Gomes

Salmo 133.1: Oh! Quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união!

Como trabalhar o Salmo 133 na escola com Crianças e adolescentes

Uma forma simples e e bem interessante de trabalhar com os adolescentes é a dinâmica das balas.  A união, é ensinado pela Sandra Carvalheiro como algo sólido e maravilhoso. Ela nos apresenta uma dinâmica fácil, mas que trará contudo, lições maravilhosas.

https://youtube.com/watch?v=HPOSZCineiU

Fim

E então, o que acharam de conhecer um pouco sobre o Salmo 133? Observou como a união entre os irmãos é importante? Portanto, devemos buscá-la sempre.  Se você gostou, deixe seu comentário, ou então compartilhe com amigos. Venha conhecer outros salmos e mais materiais aqui da Demonstre. Temos muita coisa interessante para compartilhar com você!

Um abraço e até breve!

Sobre

Besoul is fascinating about clothes, happy living and beauty! We want you to share our interests and find something you might love from your heart. We regularly post news and blogs to make you happy!
© 2019 Site feito pelo grupo B20.