Salmo 27 foi escrito pelo rei Davi, aproximadamente no século lll antes de Cristo. Davi não o escreveu  em uma situação de paz, como os salmos anteriores. Davi estava sofrendo por causa da fúria e das tramas dos seus inimigos.

Salmo 27 foi escrito pelo rei Davi, aproximadamente no século lll antes de Cristo. Davi não o escreveu  em uma situação de paz, como os salmos anteriores. Davi estava sofrendo por causa da fúria e das tramas dos seus inimigos.

Entretanto, o tom que é demostrado nesse salmo não é reclamação ou angústia, mas muita  confiança e ânimo, embora em dias difíceis. Contudo, todo o salmo mostra que Davi, se deixa  guiar pela confiança em Deus, demonstrada desde seu início até o fim

Leia o Salmo 27

O SENHOR é a minha luz e a minha salvação; a quem temerei? O SENHOR é a força da minha vida; de quem me recearei?
Quando os malvados, meus adversários e meus inimigos, se chegaram contra mim, para comerem as minhas carnes, tropeçaram e caíram.

Ainda que um exército me cercasse, o meu coração não temeria; ainda que a guerra se levantasse contra mim, nisto confiaria.
Uma coisa pedi ao Senhor, e a buscarei: que possa morar na casa do Senhor todos os dias da minha vida, para contemplar a formosura do Senhor, e inquirir no seu templo.

Porque no dia da adversidade me esconderá no seu pavilhão; no oculto do seu tabernáculo me esconderá; pôr-me-á sobre uma rocha.
Também agora a minha cabeça será exaltada sobre os meus inimigos que estão em redor de mim; por isso oferecerei sacrifício de júbilo no seu tabernáculo; cantarei, sim, cantarei louvores ao Senhor.

Ouve, Senhor, a minha voz quando clamo; tem também piedade de mim, e responde-me.
Quando tu disseste: Buscai o meu rosto; o meu coração disse a ti: O teu rosto, Senhor, buscarei.

Não escondas de mim a tua face, não rejeites ao teu servo com ira; tu foste a minha ajuda, não me deixes nem me desampares, ó Deus da minha salvação.
Porque, quando meu pai e minha mãe me desampararem, o Senhor me recolherá.
Ensina-me, Senhor, o teu caminho, e guia-me pela vereda direita, por causa dos meus inimigos.

Não me entregues à vontade dos meus adversários; pois se levantaram falsas testemunhas contra mim, e os que respiram crueldade.
Pereceria sem dúvida, se não cresse que veria a bondade do Senhor na terra dos viventes.
Espera no Senhor, anima-te, e ele fortalecerá o teu coração; espera, pois, no Senhor.

Salmos 27:1-14

confiança

Por quem o Salmo 27 era cantado?

Como os demais salmos de Davi, ele era cantado anteriormente pelo rei Davi. Logo após pelos levitas e por todo povo. Hoje é cantado nas igrejas . Judeus  e Cristãos adoram ao Senhor com Salmos.

Salmo 27 cantado na voz de Alessandra Samadello

https://youtube.com/watch?v=_YcFypxYq3Q

 Maravilhoso louvor e oração em forma de canção, um alimento para o faminto, água para o sedento e força para o aflito.

Vede o Salmo 27 em vídeo – Narrado na voz de

Cid Moreira

Estudo sobre o Salmo 27

O presente estudo foi realizado pelo pastor Pr. Thomas Tronco, o qual merece ser compartilhado. Observe abaixo a preciosidade desse estudo:

No verso primeiro, o salmista diz: “O Senhor é a minha luz e a minha salvação; a quem temerei?”  Segundo Davi, quando seus inimigos o atacaram, “eles escorregaram e caíram.” Mesmo se a guerra fosse declarada e Jerusalém fosse cercada totalmente, Davi disse que, no Senhor confiaria.

Toda essa confiança não anula, contudo, a oração do salmista. Ele anda tem anseios e ora. O maior desejo de Davi, ao ver-se atacado por pessoas perigosas, é o de estar com Deus.

Sabendo do que tramam contra ele, conta ao Pai celestial seu anseio (v.4): “Assentar-me todos os dias da minha vida na casa do Senhor”. O contexto sugere que Davi, ao dizer “casa do Senhor”, tem em mente o tabernáculo localizado na cidade de Jerusalém.

Entretanto, os pedidos de Davi nos indicam que seu interesse maior não era o local em si, mas a presença de Deus. Ele queria se sentir acolhido pelo Senhor. Os motivos de se assentar diariamente na casa do Senhor são expostos: “A fim de contemplar a beleza do Senhor e para refletir no seu templo”

. “Contemplar” e “refletir” implicam a ideia da busca de um relacionamento íntimo com Deus. O salmista quer meditar sobre quem Deus é e sentir-se em comunhão com ele. Quer que sua felicidade venha do fato de ser amado pelo Senhor.

A preocupação primária de Davi – a contemplação do Senhor – é seguida pelo seu anseio por um refúgio seguro. Tal fortaleza, porém, não consiste de muralhas e de portas robustas, mas da proteção divina. Representando, ainda, a presença de Deus pela figura do tabernáculo.

Autor: Pr. Thomas Tronco

Analise e mensagem do Salmo 27

O salmo 27, mostra claramente, que Davi confiava tanto quanto amava ao Senhor. Portanto, não o haveria de abandonar. Ele não o deixaria desamparado, nem que seu inimigo o encontrasse para fazer-lhe algum tipo de mal. E nessa confiança, descansa aquele que conhece e serve ao Senhor dos exércitos.

Portanto, o salmo 27, deve ser lido, sempre que estiver passando pelo medo, a aflição, mas, não esquecer que Deus quer ser seu amigo em todo tempo, e não periodicamente. Assim sendo, procure habitar na casa do Senhor.

Como trabalhar o Salmo 27 na escola com Crianças e adolescentes

No tempo do rei Davi, o povo de Israel ainda não tinha construído um templo, onde pudessem orar a Deus. Salomão, filho de Davi foi quem construiu o templo de Jerusalém. Portanto, nessa atividade poderemos conhecer um pouco mais sobre a tenda, o tabernáculo e o templo  que  Salomão construiu.

  1. Separe os grupos
  2. convide-os para uma exposição em sala de aula.
  3. Eles deverão colher informações e fotos do tabernáculos, tenda e do templo que Salomão construiu.
  4. Delegue a cada grupo que se prepare para apresentar  para as crianças o que encontraram, inclusive  o que havia dentro deles: ( arca da aliança com maná, a vara de Arão…)
  5.    Será uma experiencia única conhecendo  o espaço em que o povo Judeu fazia suas orações.
  6. Eles poderão levar imagens antigas, e comparar com os templos construídos hoje. O que é igual, o que é diferente?
  7. Conclua essa atividade pedindo que façam em casa uma construção textual, sobre a experiência que tiveram com esse trabalho.

Fim

Veja que o salmo 27 tem muita coisa boa para no ensinar, inclusive que, no momento de aperto e tristeza, devemos confiar no Senhor!

Se você  gostou deste estudo, continue conosco, temos mais salmos para compartilhar com você, pois a palavra do Senhor dá sabedoria aos símplices!

Um abraço e até breve!

Sobre

Besoul is fascinating about clothes, happy living and beauty! We want you to share our interests and find something you might love from your heart. We regularly post news and blogs to make you happy!
© 2019 Site feito pelo grupo B20.