Salmo 73, mostra a revolta de Asafe, ao pensar que os impios,maldosos,praticavam a injustiça e escapavam do castigo se dando bem, enquanto ele, tentava ser justo, e mesmo assim estava passando por dificuldades.Revoltado, Asafe entra no santuário, e compreende, como será o futuro de cada um.

Salmo 73, mostra a revolta de Asafe, ao pensar que os impios,maldosos,praticavam a injustiça e escapavam do castigo se dando bem, enquanto ele, tentava ser justo, e mesmo assim estava passando por dificuldades.

Salmo 73

Revoltado, Asafe entra no santuário, e compreende, que embora os impios pudessem prosperar por um tempo, contudo, a prosperidade deles durava pouquíssimo. Bom mesmo era praticar o bem, e esperar pela justiça por parte de Deus.

Leia o salmo 73

Verdadeiramente bom é Deus para com Israel, para com os limpos de coração.
Quanto a mim, os meus pés quase que se desviaram; pouco faltou para que escorregassem os meus passos.

Pois eu tinha inveja dos néscios, quando via a prosperidade dos ímpios.
Porque não há apertos na sua morte, mas firme está a sua força.

Não se acham em trabalhos como outros homens, nem são afligidos como outros homens.
Por isso a soberba os cerca como um colar; vestem-se de violência como de adorno.

Os olhos deles estão inchados de gordura; eles têm mais do que o coração podia desejar.
São corrompidos e tratam maliciosamente de opressão; falam arrogantemente.

Põem as suas bocas contra os céus, e as suas línguas andam pela terra.
Por isso o povo dele volta aqui, e águas de copo cheio se lhes espremem.
E eles dizem: Como o sabe Deus? Há conhecimento no Altíssimo?

Eis que estes são ímpios, e prosperam no mundo; aumentam em riquezas.
Na verdade que em vão tenho purificado o meu coração; e lavei as minhas mãos na inocência.

Pois todo o dia tenho sido afligido, e castigado cada manhã.
Se eu dissesse: Falarei assim; eis que ofenderia a geração de teus filhos.

Quando pensava em entender isto, foi para mim muito doloroso;
Até que entrei no santuário de Deus; então entendi eu o fim deles.

O futuro do ímpio e a esperança do justo

Certamente tu os puseste em lugares escorregadios; tu os lanças em destruição.
Como caem na desolação, quase num momento! Ficam totalmente consumidos de terrores.

Como um sonho, quando se acorda, assim, ó Senhor, quando acordares, desprezarás a aparência deles.

Assim o meu coração se azedou, e sinto picadas nos meus rins.
Assim me embruteci, e nada sabia; fiquei como um animal perante ti.

Todavia estou de contínuo contigo; tu me sustentaste pela minha mão direita.
Guiar-me-ás com o teu conselho, e depois me receberás na glória.

Quem tenho eu no céu senão a ti? e na terra não há quem eu deseje além de ti.
A minha carne e o meu coração desfalecem; mas Deus é a fortaleza do meu coração, e a minha porção para sempre.

Pois eis que os que se alongam de ti, perecerão; tu tens destruído todos aqueles que se desviam de ti.
Mas para mim, bom é aproximar-me de Deus; pus a minha confiança no Senhor DEUS, para anunciar todas as tuas obras.

Salmos 73:28

Por quem o Salmo 73 era cantado

Esse maravilhoso salmo, composto por Asafe, possivelmente foi cantado por Davi, e pelos levitas no templo. Hoje, ele é entoado por judeus e Cristãos em todo o mundo. Veja abaixo uma linda versão cantada desse salmo.

Vede o Salmo 73 em vídeo – Narrado na voz de Cid Moreira

Breve estudo sobre o Salmo 73

https://youtube.com/watch?v=lx0kAUwQJrY

Analise e mensagem do Salmo 73

No Salmos 73, o Salmista Asafe conta seu testemunho de como quase caiu na tentação de seguir o estilo de vida do ímpio. Ele começa exaltando a Deus, exatamente por tê-lo livrado disso.

O motivo da tentação se deu, quando na percepção de Asafe, a vida do ímpio é perfeita. Ele prospera, não adoece, maquina o mal e não é punido e sofre muito pouco.

Certamente ele estava observando a vida de algum ímpio, com boas condições financeiras. Pois a realidade de um ímpio, pobre, não parece com a que ´´e descrita no Salmos 73.

Após essa observação, Asafe concluí:“Certamente foi-me inútil manter puro o coração e lavar as mãos na inocência, pois o dia inteiro sou afligido, e todas as manhãs sou castigado”.

Porém, toda essa percepção mudou. Quando certo dia, com o coração e alma feridos, ele entrou no Templo do Senhor.

O Espírito Santo ministrou ao seu coração e mostrou aquilo que ele não conseguia perceber, em relação ao ímpio.

“Certamente os pões em terreno escorregadio e os fazes cair na ruína. Como são destruídos de repente, completamente tomados de pavor! São como um sonho que se vai quando acordamos; quando te levantares, Senhor, tu os farás desaparecer”.( fonte)

Como trabalhar o Salmo 73 na escola com Crianças e adolescentes

O salmista disse: São como um sonho que se vai quando acordamos; quando te levantares, Senhor, tu os farás desaparecer”.  Você já teve curiosidade em saber por qual motivo sonhamos?

Vamos assistir o vídeo abaixo? Depois pegue seu caderno e faça uma bela construção textual sobre sua percepção com respeito ao sonhos que já teve. Por qual motivo será que alguns sonhos literalmente acontecem?

Fim

Como foi para você conhecer o Salmo 73?  O Senhor é fiel e sua palavra é inigualável. Ele reina sobre todos nós! Se você gostou desse salmo, deixe seu comentário, ou então compartilhe com amigos. Venha conhecer outros salmos e mais materiais aqui da Demonstre. Temos muita coisa interessante para compartilhar com você!

                                         Um abraço e até breve!

Sobre

Besoul is fascinating about clothes, happy living and beauty! We want you to share our interests and find something you might love from your heart. We regularly post news and blogs to make you happy!
© 2019 Site feito pelo grupo B20.