Combata a Tentação: O Poder da Palavra de Deus para Vencer!

0

O que foi semeado entre espinhos é o que ouve a Palavra de Deus, mas os cuidados deste mundo e a sedução das riquezas sufocam a Palavra, tornando-a infrutífera. A tentação é algo que todos nós experimentamos em algum momento da vida, mas é importante que saibamos como lidar com ela. Nesse artigo, vamos explorar o que a Bíblia nos ensina sobre resistir à tentação e como a Palavra de Deus nos ajuda a encontrar forças para vencê-la. Vamos também ver como Deus nos ajuda a resistir às tentações deste mundo, como a avareza, a inveja e a soberba. Enfim, vamos descobrir como Deus nos dá a força para superar qualquer tentação que possamos enfrentar.

Mensagem crista Tentacao

Conteúdo

Tabela sobre Tentação

Característica Descrição
Sedução das riquezas Tentação de obter riquezas materiais ao invés de seguir os ensinamentos de Deus.
Tentação humana Tentação que vem de outras pessoas ou da própria natureza humana.
Tentação divina Tentação que vem de Deus para testar a fé e a perseverança de uma pessoa.
Maus pensamentos Pensamentos negativos e pecaminosos que contamina o homem.
Bênção da tentação Ao sofrer a tentação, a pessoa recebe a coroa da vida, prometida por Deus.

Refletindo sobre as passagens bíblicas

Começamos com a passagem de Marcos 4:18: “E o que foi semeado entre espinhos é o que ouve a palavra, mas os cuidados deste mundo, e a sedução das riquezas sufocam a palavra, e fica infrutífera.” Essa passagem nos ensina que muitas vezes nossas preocupações com o mundo e as riquezas nos impedem de ouvir a palavra de Deus e, consequentemente, nos impede de colher os frutos que ela traz. Devemos ter cuidado e lembrar de que nossas prioridades devem ser Deus e Sua Palavra.

Em Hebreus 4:15-16, lemos: “Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; porém, um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado. De maneira que, cheguemos confiadamente ao trono da graça, para que obtenhamos misericórdia e acharmos graça para socorro em tempo oportuno.” Aqui é nos ensinado que podemos sempre ir a Jesus com nossas fraquezas e tentações, pois Ele é nosso sumo sacerdote e nos compreende. Ele nos dará a misericórdia e a graça que precisamos para nos ajudar a vencer as tentações.

Gálatas 6:1 diz: “Irmãos, se algum homem chegar a ser surpreendido nalguma ofensa, vós, que sois espirituais, encaminhai o tal com espírito de mansidão; olhando por ti mesmo, para que não sejas também tentado.” Aqui somos aconselhados a ajudar o próximo que está sendo tentado, mas também nos lembra que devemos nos cuidar para não cairmos na mesma tentação.

Em Jeremias 23:29 lemos: “Não veio sobre vós tentação, senão humana; mas fiel é Deus, que não vos deixará tentar acima do que podeis, antes com a tentação dará também o escape, para que a possais suportar.” Aqui Deus nos garante que Ele nunca nos deixará passar por mais do que podemos suportar e que nos dará um caminho de escape quando estivermos sendo tentados.

Salmos 38:9 diz: “Senhor, diante de ti está todo o meu desejo, e o meu gemido não te é oculto.” Essa passagem nos lembra de que devemos sempre levar nossos desejos e gemidos a Deus, pois Ele nos ouve e sempre nos dará a direção certa.

Finalmente, em Lucas 11:4 lemos: “E não nos conduzas à tentação; mas livra-nos do mal; porque teu é o reino, e o poder, e a glória, para sempre. Amém.” Aqui, somos lembrados de que devemos sempre pedir a Deus para nos livrar do mal e que, se confiarmos nele, seremos livres da tentação.

Em Marcos 7:20-23 lemos: “E dizia: O que sai do homem isso contamina o homem. Porque do interior do coração dos homens saem os maus pensamentos, os adultérios, as fornicações, os homicídios, os furtos, a avareza, as maldades, o engano, a dissolução, a inveja, a blasfêmia, a soberba, a loucura. Todos estes males procedem de dentro e contaminam o homem.” Essa passagem nos ensina que todos os males do mundo vêm do coração do homem. Portanto, devemos sempre nos esforçar para controlar nossos pensamentos e atos para não cairmos na tentação.

Por fim, em Tiago 1:12 lemos: “Bem-aventurado o homem que sofre a tentação; porque, quando for provado, receberá a coroa da vida, a qual o Senhor tem prometido aos que o amam.” Essa passagem nos dá esperança de que, se perseverarmos na fé, seremos recompensados com a coroa da vida eterna.

Em conclusão, as passagens bíblicas citadas acima nos ensinam a lidar com as tentações e as fraquezas humanas. Elas nos dão conselhos e nos aconselham a confiar em Deus para nos livrar do mal. Elas nos ensinam que devemos nos esforçar para controlar nossos pensamentos e atos e, acima de tudo, devemos amar a Deus acima de tudo.

Salmo Tentacao

Tentados e Livres da Tentação

A Bíblia possui muitas passagens que abordam a tentação. Elas nos ensinam como enfrentá-la com sabedoria e deixam claro que, enquanto homens, somos tentados a cometer pecados. A passagem acima, que aborda o tema da tentação, pode ser encontrada em Mateus 13:3-23, Marcos 14:38 e Lucas 8:11-15.

Símbolos

A passagem bíblica acima usa símbolos para nos ajudar a compreender melhor a tentação. Por exemplo, a semente semeada entre espinhos é uma metáfora para as distrações e tentações deste mundo que nos impedem de crescer espiritualmente. Além disso, o versículo 21 usa o termo “mau” para descrever os pecados que saem do coração do homem.

Personagens

Nesta passagem, o principal personagem é o Senhor, que nos dá o dom da fé, a força para resistir à tentação e nos livra do mal. Além disso, Jesus Cristo é mencionado como um sumo sacerdote que compreende nossas fraquezas e foi tentado, mas venceu a tentação sem pecar.

Motivos

O objetivo desta passagem é nos ajudar a entender que somos tentados, mas que temos a força necessária para resistir. O versículo impulsiona-nos a auxiliar e encorajar aqueles que estão sendo tentados, pois é necessário estarmos sempre vigilantes e orar para não sucumbir à tentação. O versículo 23 nos ensina que todos os pecados vêm do interior do coração, o que significa que somos responsáveis por nossos atos. Por último, o versículo 25 nos lembra a recompensa que será oferecida àqueles que perseveram a tentação.

Prenuncios, ambientação, versículos, alusões e pontos de vista

A passagem nos dá indícios de que a tentação é inevitável, mas que também temos o poder de nos livrar dela. O versículo 22 nos lembra que o Senhor é fiel e não nos deixará enfrentar uma tentação acima de nossas forças, mas também nos dará um escape. O versículo 24 nos diz que é preciso vigiar e orar para não cair na tentação. Por último, o versículo 26 nos mostra que Deus é quem nos dá a coragem e a força para enfrentar a tentação.

Metáforas

A passagem também contém diversas metáforas. Por exemplo, a semente semeada entre espinhos é uma metáfora para as distrações e tentações deste mundo. Além disso, o versículo 20 usa uma metáfora para ensinar que o mal sujo que sai de dentro do homem contribui para a sua corrupção. Por último, o versículo 23 usa a metáfora de andar sobre brasas para demonstrar que a tentação pode ser muito difícil de resistir.

Conclusão

Enfim, a passagem acima nos oferece ensinamentos sobre a tentação. Ela nos mostra que somos tentados, mas que temos a capacidade de resistir se estivermos vigilantes e buscarmos as forças do Senhor. Que possamos lembrar destes ensinamentos e nos ajudar uns aos outros a enfrentar a tentação, pois, como diz o versículo 25, quem perseverar na tentação receberá a coroa da vida.

Pergunta 1: O que é a tentação?


Resposta: A tentação é um desejo irresistível de fazer algo que sabemos que não devemos fazer, ou desejar algo que sabemos que não devemos ter. É um teste ou provação que nos é imposta para ver se resistimos ou cedemos.

Pergunta 2: Como podemos vencer a tentação?


Resposta: A melhor maneira de vencer a tentação é recorrer a Deus e pedir Sua ajuda. Se confiarmos nEle, Ele nos dará a força e a sabedoria necessárias para resistir à tentação. Além disso, podemos nos afastar da tentação, evitando lugares, pessoas e coisas que nos possam levar a pecar.

Pergunta 3: Quais são os males que a tentação pode trazer?


Resposta: Se cedemos à tentação, podemos nos afastar de Deus e dos Seus caminhos, cometendo pecados e vivendo em desobediência. A tentação também pode nos levar a cometer atos e pensamentos impuros, a viver de forma egoísta e materialista, a desrespeitar os nossos deveres e a fazer escolhas erradas.

Pergunta 4: Como a fé nos ajuda a resistir à tentação?


Resposta: A fé nos ajuda a resistir à tentação porque nos aproxima de Deus, nos dando a força e a sabedoria necessárias para vencer as nossas fraquezas e resistir às tentações que nos são impostas. Confiando em Deus, podemos nos aproximar mais dEle e nos entregar à Sua vontade, nos livrando do pecado.

Pergunta 5: Quais são os ensinamentos que podemos aprender com a tentação?


Resposta: Podemos aprender que Deus nos ama e que nos dá a força e a sabedoria necessárias para resistir às tentações. Podemos aprender a depender de Deus e a não colocar a nossa confiança nos bens deste mundo. Podemos aprender a evitar as tentações e a nos aproximar de Deus para que possamos vencer as nossas fraquezas e viver uma vida de amor e obediência.

Leave A Reply

Your email address will not be published.